A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018

31/10/2018 15:51

Ivinhema desiste e Série B terá 5 times disputando 2 vagas de acesso

Tabela do Estadual da segunda divisão sofre alteração novamente faltando três dias para o início

Gabriel Neris
Falta de reformas no Estádio Saraivão motivou desistência do Ivinhema (Foto: Prefeitura de Ivinhema/Divulgação)Falta de reformas no Estádio Saraivão motivou desistência do Ivinhema (Foto: Prefeitura de Ivinhema/Divulgação)

O Campeonato Estadual da Série B sofreu mais uma baixa faltando poucos dias para o início. O Ivinhema desistiu da competição, forçando a Federação Estadual de Futebol a reformular a tabela do torneio. Agora serão cinco times disputando duas vagas de acesso.

A Série B começará no sábado (3) com duas partidas às 15h. Aquidauanense e Moreninhas se enfrentam no estádio Noroeste, em Aquidauana, e o Coxim recebe o Maracaju no estádio André Borges. A Serc completa a lista de participantes folgando na rodada de abertura.

O motivo de o Ivinhema deixar o torneio é semelhante ao utilizado pelo Ubiratan, falta de estádio para jogar. O presidente do clube, Adnilson da Costa Pinheiro, explica que o time dependia de reformas no estádio Saraivão para poder entrar em campo. O Ministério Público recomendou a interdição da praça esportiva pelo não cumprimento de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) que previa reformas.

Segundo ele, melhorias previstas no estádio não foram realizadas e jogar em outro local, como o Morenão, em Campo Grande, teria custos além da possibilidade financeira do clube. “É inviável jogar no Morenão, teríamos gasto com hospedagem, deslocamento, alimentação”.

O plano A do clube era entrar em campo com jogadores de Araraquara e da Penapolense, ambos do interior paulista, porém devido aos custos de contrato a diretoria se preparava para jogar com atletas da base. “Tínhamos um time armado com pratas da casa e da categoria de base”, lamentou.

Na semana passada foi à vez do Ubiratan abandonar a competição. O presidente Joaquim Soares afirmou que a maior dificuldade encontrada foi local para jogar. O estádio Douradão ainda não tem laudo para que possa encaminhar ao Ministério Público Estadual. “Vai ficar para o ano que vem”, lamentou. A possibilidade jogar em outro estádio foi descartada pelo dirigente.

O regulamento da competição prevê sistema de pontos corridos em turno único, ou seja, cada clube jogará apenas quatro vezes. A competição está prevista para terminar no dia 1º de dezembro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions