A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

09/10/2011 07:41

Meia-Maratona Volta das Nações atrai público de todas as idades

Edmir Conceição
O aposentado André Joaquim da Costa Neto, 66 anos, participa da corrida de 10 km, e da competição pela segunda vez. O aposentado André Joaquim da Costa Neto, 66 anos, participa da corrida de 10 km, e da competição pela segunda vez.

A Meia-Maratona Internacional do Pantanal Volta das Nações atraiu público diverso no início da manhã deste domingo em Campo Grande. A Avenida Mato Grosso, em frente ao Albano Franco, onde há pouco foi dada a primeira largada, ficou tomada de atletas profissionais, competidores amadores e pessoas da equipe de apoio e comissão técnica.

A enfermeira e costureira, Francisca Carrijo Fenelon, 73 anos, participa pela terceira vez da competição e garante que sua vontade era de participar da corrida e não da caminhada. “Meu neto insistiu para que eu fizesse a caminhada, mas eu queria a corrida. Para mim este é um momento de prazer e também para ficar atualizada e antenada em tudo que acontece em beneficio da saúde”, destacou.

Para a aposentada Helena Rosa dos Santos, 72 anos, participar da competição é uma oportunidade de vencer obstáculos. “Minha família não me apoiou muito, pois estava com medo de que eu não conseguisse concluir a prova, mas para mim essa é uma forma de provar que posso e vou conseguir”, disse. Ela conta que irá caminhar na companhia das amigas e que a professora de hidroginástica foi quem a preparou para a competição.

O aposentado André Joaquim da Costa Neto, 66 anos, participa da corrida de 10 km, e da competição pela segunda vez. “Sempre gostei de atividade física, mas fiquei muitos anos parado, desta vez me preparei durante meses fazendo este mesmo percurso três vezes por semana. Espero concluir a prova nesta iniciativa que é referência na modalidade”, garantiu.

Representando os motociclistas, o funcionário público Ademar Espíndola Garcia, 60 anos, vai percorrer os 7 km da caminhada. Ele vai realizar a prova de capacete e com vários colares no pescoço. “Esta é uma excelente iniciativa do Sesi, porque incentiva as pessoas a praticarem atividades físicas. A pessoa começa caminhando e depois já vai correr”, disse .

Já José de Souza Carvalho, 57 anos, aposentado, vai correr os dez quilômetros. “Treino todo dia, correndo uma média de 8 a 10 km. Quero concluir a prova em pelo menos uma hora”, estimou. Ele também parabenizou o Sesi pela iniciativa de realizar a Volta das Nações. “É bom porque estimula o pessoal a mudar os hábitos”.

O militar Felipe de Assunção da Cruz, 18 anos, vai percorrer os 10 km na companhia da namorada, Katharyne Stephanie Sturt, 16 anos. “Eu tenho costume de praticar exercícios, ela que pratica pouco”, brincou Felipe da cruz. Já Katharyne Sturt destacou a importância da realização da prova. “É muito bom, porque incentiva o pessoal a participar”. (Com informações de Daniel pedra).



to realizada em conseguir fazer o percurso de 10km
 
ceronicia sarate rafael em 09/10/2011 04:27:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions