A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

01/02/2017 22:30

Na estreia em casa, Sete de Dourados só empata com Naviraiense

Helio de Freitas, de Dourados
Naviraiense arrancou ponto importante no Douradão (Foto: Rafael Coca)Naviraiense arrancou ponto importante no Douradão (Foto: Rafael Coca)

O Sete de Dourados estreou na noite de hoje (1º) no Campeonato Sul-Mato-Grossense e não saiu de um empate em 1 a 1 com o Naviraiense. Jogando diante de uma pequena torcida, no estádio Douradão, o time douradense dominou o jogo, mas o ataque não conseguiu transformar as chances em gol.

Apesar de valorizar a posse de bola e esfriar os ataques do Sete, numa clara intenção de sair com o empate, foi o Naviraiense que saiu na frente, aos 4 minutos do segundo tempo.

Marcelo Andrade aproveitou uma falha do zagueiro Juan e marcou no canto esquerdo do goleiro do Sete, Alan Tobias. O técnico Mauro Marino fez duas mudanças no time douradense e chegou ao empate após Jeferson cabecear para o gol aos 19 minutos da etapa final.

O Sete de Dourados volta a campo na quarta-feira da semana que vem, contra o River do Piauí, no Douradão. Pelo Estadual, o Sete volta a jogar no dia 15, contra o Águia Negra, em Rio Brilhante.

No mesmo dia, o Naviraiense enfrenta o Urso, de Mundo Novo, no estádio Virotão, em Naviraí.

Primeiro tempo – O meio campo do Sete teve dificuldade para ligar as jogadas para o ataque. Rosolen era o único que se destacava e por isso foi o mais “caçado” em campo. O Naviraiense apresentava as mesmas dificuldades e os dois times tiveram muitos erros de passe.

Aos 16 minutos, o Sete teve um bom ataque com chance de gol. Jeferson bateu para uma grande defesa do goleiro Bruno, mas a arbitragem já tinha parado a jogada marcando impedimento.

Em seguida, nova chance de gol para o time da casa. Bahia lançou a bola para a grande área, Jeferson dominou e Pavão chutou, mas a bola foi para fora. Na reposição da bola, o camisa 5 Neto entrou forte no camisa 10 Marcelo Andrade e recebeu o primeiro cartão amarelo.

Após os 22 minutos, o Sete melhorou o toque de bola e conseguiu chegar mais ao ataque, mas os atacantes pecavam nas finalizações, assim como os jogadores do Naviraiense. A torcida do Sete reclamou quando o camisa 4 Leandro Mancha entrou forte no capitão Juan e o árbitro não deu cartão amarelo.

Rosolen teve uma chance e chutou da intermediária, mas o goleiro Bruno jogou para escanteio. Após a cobrança do escanteio, um bate-rebate na área quase levou ao primeiro, mas o Sete desperdiçou a chance. Menos de um minuto depois, Jeferson teve a chance, mas Junior Carvalho desviou para escanteio.

Aos 41 minutos, Jeferson pressionou a saída de bola do Naviraiense, levou vantagem e cruzou para Jô, que bateu da intermediária, mas a bola foi para fora. O Sete continuou dominando o jogo e o adversário só teve uma chance no final do primeiro tempo, encerrado aos 47 minutos.

Ao final do primeiro tempo, o técnico Mauro Marino disse à rádio Grande FM que gostou da apresentação, mas lamentou a falta de gol. “Vamos conversar e tentar corrigir os erros”, afirmou ele, que assumiu o time dois dias antes da estreia.

Segundo tempo – Os dois times voltaram para o segundo tempo sem alterações. Já na retomada do jogo, o Sete voltou ao ataque com Rosolen, obrigando o goleiro Bruno a fazer outra boa defesa.

Apesar da pressão do time da casa, foi o Naviraiense que abriu o placar. Aos 4 minutos, uma bobeira do zagueiro Juan permitiu que a bola sobrasse nos pés de Marcelo Andrade, que teve tempo de escolher o campo e marcar para o time de Naviraí.

A primeira alteração no Sete foi feita aos 9 minutos da etapa final. O volante Neto foi substituído pelo meia Thiago Matos.

Apoiado pela torcida, o Sete se lançou ao ataque, mas a defesa do Naviraiense soube anular os atacantes do time da casa. O camisa 8 do Sete, Jeferson, tomou cartão amarelo após entrada dura em Basílio.

O técnico Mauro Marino fez a segunda substituição aos 16 minutos, tirou Léo Souza e colocou o camisa 9 Pablo. Já no primeiro lance, Pablo cabeceou para o gol e a bola foi para escanteio. Na cobrança, Jeferson, mesmo entre os zagueiros, marcou de cabeça e empatou o jogo aos 19 minutos do segundo tempo.

O capitão Basílio se machucou na jogada que resultou no gol e foi substituído por Bruno Santos. Após uma entrada dura em dois adversários, Douglas, do Naviraiense, também recebeu amarelo. Após uma dividida de bola aos 27 minutos, Pablo também levou amarelo.

Rony Aguilar fez duas mudanças aos 32 minutos: colocou Jackson no lugar de Marcelo Andrade e David no lugar de Matheus. Em seguida, o time visitante aproveitou uma roubada de bola e quase marcou o segundo gol.

Marino fez a última alteração no Sete aos 39, colocando o 6 Natan no lugar de Jeferson, autor do gol de empate. O Sete continuou no ataque, mas sem perigo real de gol para o goleiro Bruno. Já o Naviraiense tentava esfriar o jogo, valorizando o ponto fora de casa.

As duas últimas chances de gol foram do Naviraiense, que teve um escanteio já aos 48 minutos, mas a defesa tirou sem grande perigo. Em seguida o árbitro encerrou o jogo.

Ficha técnica:
Sete de Dourados 1 x 1 Naviraiense
Data: 1º de fevereiro de 2017
Árbitro: Alan Lario Lesso
Assistentes: Sérgio Alexandre da Silva e Luiz Fernando Viegas
Público total: 672 (389 pagantes)
Renda: R$ 2.525,00

Sete de Dourados: Alan Tobias; Bahia, Juan, Ramon Baiano e Jô; Neto (Thiago Matos), Guinha, Pavão, Rosolen e Jeferson (Natan); Léo Souza (Pablo). Técnico: Mauro Marino

Naviraiense: Bruno; Iury, Júnior Carvalho, Leandro Mancha e Basílio (Bruno Santos); Guto, Douglas, Baiano, Ícaro, Marcelo Andrade (Jackson) e Matheus (David). Técnico: Rony Aguilar



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions