A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018

15/03/2017 22:54

No fim do jogo, Palmeiras marca gol e evita tropeço na Libertadores

Nyelder Rodrigues

Donos da casa, os palestrinos entraram melhor em campo e controlaram o jogo, mantendo a posse de bola. Apesar desse controle, poucas chances claras foram criadas na etapa inicial, colocando para o treinador Eduardo Baptista a obrigação de mudanças.

O principal problema encontrado foi a forte marcação do Jorge Wilstermann, que para encarar o 4-1-4-1 de Baptista, usou um esquema com três zagueiros e dois alas, que quando defendem formam uma linha de cinco atrás, e dois volantes e dois pontas/meias que formam uma linha de quatro na defesa quando o time está sem a bola.

A tática, que faz hoje o Chelsea o time mais forte do disputadíssimo Campeonato Inglês, deu resultado. Porém, mas mexidas de Baptista na volta do intervalo surgiram efeito, com o time melhorando em chegando mais à frente.

Apesar disso, a evolução não foi suficiente para garantir um gol para a equipe no tempo regulamentar, vindo apenas nos acréscimos. Aos 50 minutos, após intensa pressão e bate-rebato, Keno passou para Róger Guedes cruzar rasteiro, encontrando o zagueiro colombiano Mina sozinho para dar a vitória ao alviverde.

Gauchão - Já pelo Gauchão, em Pelotas, o Grêmio ficou no empate em 1 a 1 com o Brasil. O placar foi aberto aos 22 minutos do primeiro tempo, com um gol de Ramiro, que colocou o tricolor à frente.

Porém, os donos da casa chegaram ao empate com Gustavo Papa, dez minutos mais tarde. O 1 a 1 persistiu no placar até o fim. O próximo duelo gremista acontece domingo (19), contra o Veranópolis.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions