A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

23/06/2011 12:11

Presidente do Operário diz que manifestantes são financiados por Cezário

Fabiano Arruda

Em resposta as acusações e protestos feitos pela torcida Esquadrão Operariano, na manhã desta quinta-feira, na praça Ary Coelho, região central de Campo Grande, o presidente do Galo, Tony Vieira, afirmou que o grupo de manifestantes é financiado pelo presidente da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), Francisco Cezário.

Segundo Vieira, a ação é uma tentativa de o Operário retirar processo contra a FFMS no MPE (Ministério Público Estadual). “E não vamos retirar”, jurou.

“Toda vez que o Operário se posiciona contra a Federação surgem estes protestos”, pontuou o mandatário do Galo. “Eles (torcida da Esquadrão) receberam combustível e as faixas para o protesto”, completou.

Sobre as afirmações, feitas pela Esquadrão, que alguns jogadores estão há 15 meses sem receber, o presidente do alvinegro de Campo Grande garantiu que o “clube sempre cumpriu com suas obrigações dentro do possível”. “Tanto que não contratou mais jogadores este ano porque não tinha como pagar”, explicou.

“Peça para eles provarem (atraso de salário)”, reclamou Vieira à reportagem.

O presidente do Operário também afirma que sua administração “tem feito de tudo” para reerguer o clube, enquanto “tem gente contra”. Além disso, contou que ingressou nova ação contra a FFMS no MPE.

Questionado sobre a acusação de estar numa torcida financiada pela Federação de Futebol em MS, o presidente da Esquadrão Operariano, Ricardo Braga, disse que a informação não é verdadeira.

“A maior prova é que protestamos também contra a federação e a atual situação do futebol em Mato Grosso do Sul”, comentou, alegando que o presidente do Galo quer “desviar o foco” das manifestações da torcida organizada.

Hoje pela manhã, membros da Esquadrão Operariano, com a participação de integrantes da Garra Operariana, fizeram protesto para pedir a saída de Tony Vieira, além de avisarem que vão recorrer ao MPE (Ministério Público Estadual) para cobrar transparência na prestação de contas do Galo.



Caros,
Acho que o MPE deveria intervir na FFMS, Operário e Comercial, pois estas tres entidades prestam contas de sua receitas a DEUS, ninguem sabe onde são aplicadas as verbas recebidas, (FFMS recebe da CBF) , Operário, como diz aí o Ruymar, desvia tudo, inclusive o patr. da Lupo. O Comercial, diz que tem uma folha de pagto de aproximadamente 120.000.00 ( mas onde esta o time???????) gostariamos de saber onde estão os recursos patrocinados pela Suportec e Prefeitura Municipal ?????.
Está na hora mesmo do MPE entrar em ação, antes que acabe de vez o nosso futebol, e nós, os torcedores do MS contamos com essa intervenção e que seje tudo esclarecido.
 
Agripino Batisca Costa em 24/06/2011 09:48:24
ola
bom dia, jente eu nao conheso o toni vieira mais uma coisa eu conheso o velho operario . time de muitas glorias pra nos campograndense e tambem o diabinho do corcial , quem nao lembra do morenao lotado , outra coisa eu me lembro muito bem .depois que esse francisco cezario foi elito pra presidente da federacao de futebol de m.s. acabou o nosso futebol juntamente com esse ricardo teixeira da C B F nada fuciona mais ta na hora de vcs que sao da imprensa comecar a cobrar essas coisa do povo das autoridades responcavel .se vcs tiveren um meio de eu me manifestar por favor me avisem meu sonho hoje e levar meu neto pra ver o velho morenao lotado como antes ..sem amis por favor ajudem o noso futebol a brilhar como antes , obigadu
 
antonio ferreira lima em 23/06/2011 12:37:12
ACHO QUE ESSAS ORGANIZADAS RELAMENTE COME NA MAO DO CEZÁRIO, ESSE RICARDO BRAGA JA FOI VISTO COM O CEZARIO.
 
João Luiz Neto em 23/06/2011 12:19:57
Sou pai de atleta e realmente não são 15 meses sem receber, no caso do meu filho são mais de 18 meses e o que ele (meu filho) recebeu do OPERÁRIO foi tão somente um par de chuteiras. De outubro de 2009 a maio de 2011 fez parte do elenco, onde meu filho participou porém não jogou a Copa SP de futebol Junior de 2010 pois o Sr. Tony vendeu a vaga para o time de Atibaia-SP fazendo que com isso fossem utilizados somente garotos de São Paulo com o uniforme do OPERÁRIO. Outro fato foi que no 2º semestre de 2010 um "pool" de pais bancou a base do OPERÁRIO para que entrasse em 2011 na série B já tinindo, contudo quando o Sr. Tony ficou sabendo que iria disputar a série A esse cidadão "tisorou" os diretores que ele mesmo havia nomeados para poder DESVIAR a verba que era de R$-7.500,00 para a série B saltando para R$-105.000,00 na série A, verba essa da patrocinadora LUPO. Agora ele vem pagar de vitima, mande ele provar com recibos dos jogadores que houve algum pagamento, DÚVIDO.
 
Ruymar Douglas em 23/06/2011 07:36:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions