A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

24/03/2013 09:57

Sebastian Vettel conquista a primeira vitória de 2013 no GP da Malásia

Ângela Kempfer
Webber (centro) e Vettel (direita) depois da corrida da discórdia. (Foto: EFE)Webber (centro) e Vettel (direita) depois da corrida da "discórdia". (Foto: EFE)

A briga foi boa com Mark Webber, mas Sebastian Vettel conseguiu chegar na frente na Malásia e assim conquistar a primeira vitória na temporada 2013 da Fórmula 1. Com o resultado, o atual tricampeão assume a liderança do Mundial.

Apesar da dobradinha da RBR, os dois colegas de equipe não tem nada de amigos. Na ultrapassagem decisiva de Vettel, Webber mostrou o dedo médio para o campeão e depois chamou o colega de equipe de "Protegido". 

A briga ocorreu porque Vettel descumpriu ordens de segurar o ritmo e não ultrapassar o companheiro. Ao terminar a prova, levou um puxão de orelhas e pediu desculpas, ao assumir que tomou vitória de Webber. "Cometi um grande erro", disse. A RBR chegou a cancelar a tradicional foto da vitória com os funcionários da equipe por conta do clima ruim.

O GP começou com pista molhada e terminou com sol. Lewis Hamilton cruzou a linha de chegada em 3º. Já o brasileiro Felipe Massa terminou a prova em 5º, apesar de largar em 2º. Fernando Alonso abandonou a corrida já no início, em uma largada confusa nas primeiras posições.

O espanhol foi prejudicado, principalmente, pela péssima saída de Felipe Massa. Depois de ultrapassar o brasileiro, tocou de leve na traseira de Vettel, danificando o bico esquerdo da Ferrari, que se soltou na volta seguida e teve de abandonar a prova.

As trapalhadas não pararam por aí. Lewis Hamilton se enganou e parou no box da sua ex-equipe, a McLaren.

 

A próxima prova será no dia 14 de abril, na China.

Veja o resultado completo:

1.º - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), em 1h38min56s681

2.º - Mark Webber (AUS/Red Bull), a 4s298

3.º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), a 12s1

4.º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), a 12s640

5.º - Felipe Massa (BRA/Ferrari), a 25s6

6.º - Romain Grosjean (FRA/Lotus), a 35s5

7.º - Kimi Raikkonen (FIN/Lotus), a 48s4

8.º - Nico Hulkenberg (ALE/Sauber), a 53s

9.º - Sergio Perez (MEX/McLaren), a 72s3

10.º - Jean-Errc Vergne (FRA/Toro Rosso), a 87s1

11.º - Valtteri Bottas (FIN/Williams), a 88s6

12.º - Esteban Gutierrez (MEX/Sauber), a 1 volta

13.º - Jules Bianchi (FRA/Marussia), a 1 volta

14.º - Charles Pic (FRA/Caterham), a 1 volta

15.º - Giedo van der Garde (HOL/Caterham), a 1 volta

16.º - Max Chilton (ING/Marussia), a 2 voltas

17.º - Jenson Button (ING/McLaren), a 3 voltas

18.º - Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso), a 5 voltas

Não completaram:

Pastor Maldonado (VEN/Williams)

Adrian Sutil (ALE/Force India)

Paul Di Resta (ESC/Force India)

Fernando Alonso (ESP/Ferrari)

 

RBR não se cumprimentaram. Vettel ignorou as ordens da equipe para segurar o ritmo e não ameaçar o companheiro Mark Webber. A atitude do alemão deixou Webber irritadíssimo. Na pista, ele mostrou o dedo médio para o companheiro ao ser ultrapassado. Depois, disparou contra Vettel e a equipe: "Protegido". Constrangido, o alemão admitiu o erro e pediu desculpas.


Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/formula-1/sebastian-vettel-vence-gp-da-malasia-de-1-7932356#ixzz2OT0JW0NB
© 1996 - 2013. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.


Vetel está seguindo o mesmo caminho de grandes campeões,querendo cada vez mais vitórias e titulos se esquecendo de valores como lealdade,companherismo,ética assim só pensando em si próprio em ninguen mais.
 
Luciano neves Martins em 24/03/2013 12:23:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions