A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

07/07/2014 16:44

Torcedor espera jogo dramático e até vitória nos pênaltis contra Alemanha

Helton Verão
Torcedor espera jogo dramático e até vitória nos pênaltis contra Alemanha
Vinicius aposta em vitória suada, com mais uma vez David Luiz brilhando  (Foto: Marcelo Calazans)Vinicius aposta em vitória suada, com mais uma vez David Luiz brilhando (Foto: Marcelo Calazans)
 (Foto: Marcelo Calazans) (Foto: Marcelo Calazans)
 (Foto: Marcelo Calazans) (Foto: Marcelo Calazans)
O mais otimista, o jovem Felipe aposta em 3 a 1  (Foto: Marcelo Calazans)O mais otimista, o jovem Felipe aposta em 3 a 1 (Foto: Marcelo Calazans)
Venezuelano estava na torcida pela Colômbia, mas agora irá torcer pelo Brasil (Foto: Marcelo Calazans)Venezuelano estava na torcida pela Colômbia, mas agora irá torcer pelo Brasil (Foto: Marcelo Calazans)

Mesmo sem Neymar e Thiago Silva, os torcedores em Campo Grande estão otimistas para a semifinal contra a Alemanha nesta terça-feira (8), no estádio Mineirão, em Belo Horizonte. Porém a expectativa é de muita dramaticidade, com uma diferença mínima no placar. Alguns entrevistados apostam até em vitória, pela segunda vez nesta Copa do Mundo, nos pênaltis.

Com a ausência dos dois principais jogadores, os torcedores apostam no carismático David Luiz e até no “desencantamento” de Fred. “Vai ser muito difícil e equilibrado, mas será 1 a 0 para a seleção. O gol vai ser marcado pelo David Luiz”, comenta o profissional da construção civil, Vinicius Xavier, 48 anos.

Perguntamos também se os torcedores tem alguma superstição e a maioria revelou a apenas torcer, gritar e vibrar muito. “E não tenho nenhuma superstição não, do jeito que estou sento e assisto o jogo”, completa Xavier.

“Não vai ser fácil, mas temos tudo para ganhar. O placar vai ser 2 a 1, com gol do David Luiz e o Fred enfim vai desencantar. Não tenho nenhuma superstição, a não ser torcer e vibrar muito”, revela a pedagoga Cristiane Maria Cândido, 36 anos.

Para o atendente Wagner Elias, 20 anos, o Brasil passa, mas com o seguinte palpite. “Acho que vai ser 1 a 1, com o gol do David Luiz e o Brasil passa nos pênaltis”, dramatiza o jovem, que também diz não ter nenhuma “mandinga” a não ser ver os jogos sempre em sua residência.

O mais otimista entre os entrevistados foi o mecânico Felipe Rodrigues. “Com a saída do Neymar os jogadores irão trabalhar mais a bola, e mais oportunidades irão aparecer. O placar vai ser 3 a 1. Um do Dani Alves, Hulk e David Luiz”, prevê o jovem. E ele tem uma superstição. “Sempre ver os jogos com minha namorada dá muita sorte” revela e torcemos para que ele assista o jogo com ela nesta terça-feira.

Brasileiro importado – O venezuelano Jesus Colbalt, 22 anos, mora em Táchira, e está de passagem por Campo Grande. Ele vem de longa viagem de Belo Horizonte, onde assistiu Colômbia e Grécia, na primeira fase. Após seu país favorito ser eliminado pelo Brasil nas quartas ele engrossa a torcida pela nossa seleção. “1 a 0 para o Brasil, gol do Fred. Estava torcendo para a Colômbia, mas agora irei torcer pelo Brasil”, conta o gringo que fez questão de mostrar seu short do Deportivo Táchira, clube de sua cidade.

Sem Neymar e Thiago Silva, o técnico Luiz Felipe Scolari faz mistério sobre o substituto de Neymar na Seleção Brasileira. As opções usadas no treino de hoje pela manhã expuseram um terceiro volante, Willian ou qualquer outro. Com a volta de Luiz Gustavo após suspensão, Felipão inicialmente manteve Paulinho e Fernandinho no time e promoveu uma só novidade para a semifinal contra a Alemanha: Daniel Alves.

Brasil e Alemanha jogam nesta terça-feira (8), às 16 horas (de MS), no estádio Mineirão, em Belo Horizonte.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions