A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/07/2014 10:48

Com três Copas, Muller prevê caminho difícil para seleção sem Neymar

Ludyney Moura
Com três Copas, Muller prevê caminho difícil para seleção sem Neymar
Muller lamentou contusão de Neymar. Ele foi um dos artilheiros da seleção na Copa do Mundo de 1990. (Foto: Marcos Ermínio) Muller lamentou contusão de Neymar. Ele foi um dos artilheiros da seleção na Copa do Mundo de 1990. (Foto: Marcos Ermínio)

Com três Copas do Mundo na bagagem, o ex-sãopaulino Luís Antônio Corrêa da Costa, mais conhecido como o craque Muller, lamentou a contusão que tirou Neymar da Copa do Mundo. O ex-camisa 9 da seleção também acredita que a Alemanha será uma das finalistas da competição.

“Com o Neymar estava difícil, e assim como contra o México, ontem ele não fez uma boa partida. Com sua contusão o Brasil perde muito, porque era um time muito dependente dele. O Felipão precisa achar uma solução porque não temos um jogador à altura. Porém, o futebol segue e a gente deseja que a seleção possa reencontrar seu melhor futebol sem o Neymar, o que não será fácil”, afirma Muller.

O ex-atacante foi reserva na seleção tetracampeã, em 1994 no Estados Unidos, e participou jogando em outros dois mundiais. “Joguei a Copa do México em 1986 e assumi a posição de titular no decorrer da competição, e na Copa de 1990 fui o artilheiro da seleção, junto com o Careca, com dois gols. E isso permanece na minha memória”, lembra o jogador.

Apesar de palpitar 1x0 para a seleção alemã no duelo das semifinais contra os brasileiros, Muller torce pelo sucesso do esquete canarinho. “O Brasil precisa agora colocar a ajuda da torcida no coração de cada jogador e saber que se não resolver os problemas dentro de campo, e não atacar a Alemanha, que é um time mais qualificado a gente fica pelo caminho. A Alemanha é difícil, mas não é um time imbatível”, declarou.

Em Campo Grande para participar da abertura de um campeonato juvenil, Muller aponta uma alternativa de sucesso para a seleção. “Será um jogo muito difícil, mas é nesse momento que o grande jogador aparece, que o jogador decisivo decide. É importante que aquele entrar seja decisivo na partida, seja o Hulk, o Fred, o Bernar, ou quem jogar”, disse o ex-camisa 9 do São Paulo e da seleção.

PTB convida Valter Pereira e Muller para disputar Senado
O comando regional do PTB convidou o peemedebista Valter Pereira e o ex-jogador de futebol Muller para disputar o Senado nas eleições do ano que vem....
Ceinf recebe nesta quinta parque de pneus construído por detentos
Acontece nesta quinta-feira (14), a partir das 8h no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Rafael Abraão - CAIC Aero Rancho, a entrega do parque constr...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions