A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


17/04/2013 06:00

Agora, pichação "apaga" marcas de Trad

.

Expogrande de ônibus – Como faltam vagas para estacionar no entorno do Parque de Exposições Laucídio Coelho, o prefeito Alcides Bernal (PP) e o presidente da Acrissul, Chico Maia, sugeriram aos visitantes, que fossem de ônibus. Leitor sugeriu que os dois dêem o exemplo e troquem as caminhonetes pelo transporte coletivo para ir aos shows no parque.

GritariaVereadores ficaram intimidados com a presença dos delegados ontem de manhã na Câmara Municipal. O grupo foi defender a PEC 37, que acaba com o poder de investigação do Ministério Público. Os delegados aplaudiram, gritaram e vaiaram. Em nenhum momento, foram advertidos ou alertados sobre o regimento.

Intimidado – O presidente da Câmara, Mário César (PMDB), ficou, visivelmente, constrangido com a bagunça na Casa de Leis. No entanto, apesar da cara de estar a contragosto, não soou a sineta pedindo silêncio em nenhum momento.

Mau exemplo em casa – Acusado de dar calote em produtor rural em Bonito, Luís Lemos de Souza Brito, é irmão de celebridades. Além do prefeito, ele também é irmão do ex-presidente da Famasul, Léo Brito. Em outras épocas, Léo Brito lutou para defender um grupo de produtores rurais do calote dado pelo frigorífico Independência.

Guardas – O ex-governador e atual vereador, José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, passou por um susto ontem de cedo. Ao sair da Câmara Municipal, ele foi cercado pelos guardas municipais, que lhe cobraram apoio ao projeto de lei que prevê o armamento da tropa. O petista saiu do legislativo antes da proposta ser votada. Aliás, o projeto foi retirado da pauta pelo temor de naufragar pela falta de apoio e quórum.

Fotos – O presidente do Sisem (Sindicato dos Servidores do Município), Marcos Tabosa, não dorme no ponto. Com um grupo trabalhando para tira-lo do cargo, ele vive atento aos detalhes. Tabosa não só compareceu na última reunião dos opositores, como tirou mais de 100 fotos dos presentes no encontro.

Com ônus – O prefeito Alcides Bernal alterou decreto sobre a cedência do ex-secretário estadual de Obras, Wilson Tavares Cabral. A partir de agora, a sua cedência passa a ser com ônus para o Governo do Estado. Antes, a conta do salário do secretário era com ônus para o município.

Nem sempre – O vereador Eduardo Romero (PTdoB) sentiu na pele, ontem, que nem sempre dá para ir de ônibus a todos os compromissos na Capital. Ele foi de ônibus até a Fundação de Cultura. No entanto, para chegar à Câmara Municipal, o vereador só conseguiu chegar a tempo da sessão porque conseguiu uma carona com a deputada Mara Caseiro (PTdoB).

Bombeiros – A governadora em exercício, Simone Tebet (PMDB), encaminhou projeto de lei instituindo novo código para prevenção de incêndios em Mato Grosso do Sul. O projeto chegou à Assembleia Legislativa na esteira da tragédia em Santa Maria (RS), onde 240 jovens morreram num incêndio da boat Kiss.

Agora é pichar – Agora, a moda é pichar as placas de sinalização na Capital para cobrir as marcas do ex-prefeito Nelson Trad Filho (PMDB). As placas estão sendo pichadas na ciclovia da avenida Ernesto Geisel, entre os bairros Monte Castelo e Morada Verde. No mês passado, causou polêmica a colocação de adesivos nas placas do Parque do Sóter. O prefeito Alcides Bernal negou que tivesse mandado funcionários apagar as marcas do antecessor.

A missão espinhosa de Marun
Casa cheia - No discurso em que saudou Carlos Marun como seu novo ministro da Secretaria de Governo, Michel Temer disse ter ficado preocupado com a p...
Só praças estão presos por cobrar propina
Só praças – A investigação sobre o envolvimento de policiais militares com a “Máfia do Cigarro” indica que, por ora, não há oficiais entre os policia...
Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reforçou o discurso d...
Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...


Não votei no Bernal. até tento acreditar que com o tempo ele iria colocar a casa em ordem. Mas ta ficando difícil acreditar que o Prefeito vá conseguir fazer algo em seu mandato.
 
Everaldo Brito em 17/04/2013 18:01:47
Enquanto o prefeito se preocupa em retirar troféus, pichar placas etc,etc,etc... Minha filha que estuda na rede municipal de ensino até hoje não recebeu o KIT ESCOLAR??? Já passou da hora do prefeito mostrar a população o serviço que ele tanto prometeu....
 
Hudson Scherer em 17/04/2013 12:48:24
Os guardas querem armas para poderem fazer "bicos" armados, eles mesmos admitem isso, e o treinamento é muito fraco para darem armas a eles. Se a policia já cometem erros, imagina eles. E nunca ouvi falar que a arma resolveria o problema em repartições publicas.
 
marciano dos santos em 17/04/2013 10:42:52
Armas com PM, que sao responsaveis pela seguranca publica.
 
Emerson Floriano em 17/04/2013 10:05:05
Enquanto isso tem um time de "experts" recebendo quase R$ 10 mil de salário pra ficar no Facebook o dia inteiro contestando qualquer acusação contra o prefeito. E a Central do Cidadão precisando agilizar os serviços...
 
Júnior Almeida em 17/04/2013 08:59:54
O Prefeito BIPOLAR negou que mandou apagar o nome do seu antecessor das placas, mas quem mandou devolver os troféus, certificados, que são prêmios da prefeitura, este BIPOLAR ta parecendo ex presidente que não sabia de nada, não ouvia não nada, sei não vamos ter quatro anos sem prefeito também.
 
carlos gomes em 17/04/2013 07:46:53
Quando eu acho que não há mais como se espantar com a infantilidade do nosso Sr. prefeito, ele se supera...
 
VANESSA SCHRODER em 17/04/2013 07:21:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions