A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


14/11/2012 06:00

Assunto da hora

Jogo Aberto

Dessa vez vai?
O conflito por terras indígenas voltou a centralizar os debates na Assembleia Legislativa. Na sessão de ontem, o deputado Pedro Kemp (PT) mostrou expectativa com a possibilidade do Orçamento da União para o ano que vem conter uma rubrica voltada para as indenizações aos ocupantes de terras reivindicadas como indígenas.

Histórica
Ele definiu a reunião, sediada na Casa na última segunda, com histórica por colocar lado a lado representantes ligados aos produtores rurais e aos índios, em busca de uma solução. “Buscamos uma solução negociada, com respaldo jurídico”, analisou.

Risco
Mesmo com o clima de otimismo, o presidente da Associação Estadual dos Direitos Indígenas de Mato Grosso do Sul, o índio terena Danilo de Oliveira, ocupou a tribuna na sessão para alertar sobre a possibilidade de um conflito armado entre produtores e índios.

Fogo amigo?
Ele, que falou a convite do deputado Zé Teixeira (DEM), contou ter informações de que índios estariam comprando armamento pesado no Paraguai. O discurso não agradou lideranças indígenas.

Piada
Durante a primeira reunião entre o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), e o eleito, Alcides Bernal (PP)), ontem, o peemedebista fez brincadeiras com o dia da semana: 13, que representa o número do PT e é considerado dia de azar. “Ainda bem que não é sexta-feira também”.

Tranquilidade
Brincadeiras à parte, Trad e Bernal pregaram respeito e deixaram de lado as rusgas evidenciadas ao longo da campanha eleitoral. Disseram desejar uma transição de governo tranquila. Ambos apelaram ao mantra “colaborando para o bem da cidade”.

Reunião secreta
Vereadores se reuniram após a sessão ordinária de ontem, mas trataram o encontro como “corriqueiro”, mesmo diante da transição do governo municipal e a formação de uma comissão de parlamentares prestes a ser constituída para acompanhar o processo. Segundo eles, o encontro discutiu questões comuns na pauta, como o orçamento da Capital para 2013.

Seda
O vereador petista Marcos Alex, que não conseguiu a reeleição, rasgou elogios a Lidio Lopes (PP), que deixa a Câmara no final do ano para assumir a vaga de Paulo Duarte, prefeito eleito de Corumbá, na Assembleia Legislativa.

Vitória
“Quero parabenizar o senhor pela vitória do seu candidato Paulo Duarte. O senhor deve ter pedido muitos votos para a vitória dele”, comentou.

Com tudo
“Aliás a base do senhor ganhou em tudo, aqui (Campo Grande) venceu com o Bernal também. Meus parabéns”, completou. O detalhe é que Lidio não fez lá muita campanha por Bernal.

Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...
Assembleia agora tem 8 "independentes"
Mais uma – Depois de votar com o governo por três anos e meio, a deputada estadual Grazielle Machado(PSD) anunciou que agora será “independente”, ass...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions