A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


14/11/2012 06:00

Assunto da hora

Jogo Aberto

Dessa vez vai?
O conflito por terras indígenas voltou a centralizar os debates na Assembleia Legislativa. Na sessão de ontem, o deputado Pedro Kemp (PT) mostrou expectativa com a possibilidade do Orçamento da União para o ano que vem conter uma rubrica voltada para as indenizações aos ocupantes de terras reivindicadas como indígenas.

Histórica
Ele definiu a reunião, sediada na Casa na última segunda, com histórica por colocar lado a lado representantes ligados aos produtores rurais e aos índios, em busca de uma solução. “Buscamos uma solução negociada, com respaldo jurídico”, analisou.

Risco
Mesmo com o clima de otimismo, o presidente da Associação Estadual dos Direitos Indígenas de Mato Grosso do Sul, o índio terena Danilo de Oliveira, ocupou a tribuna na sessão para alertar sobre a possibilidade de um conflito armado entre produtores e índios.

Fogo amigo?
Ele, que falou a convite do deputado Zé Teixeira (DEM), contou ter informações de que índios estariam comprando armamento pesado no Paraguai. O discurso não agradou lideranças indígenas.

Piada
Durante a primeira reunião entre o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), e o eleito, Alcides Bernal (PP)), ontem, o peemedebista fez brincadeiras com o dia da semana: 13, que representa o número do PT e é considerado dia de azar. “Ainda bem que não é sexta-feira também”.

Tranquilidade
Brincadeiras à parte, Trad e Bernal pregaram respeito e deixaram de lado as rusgas evidenciadas ao longo da campanha eleitoral. Disseram desejar uma transição de governo tranquila. Ambos apelaram ao mantra “colaborando para o bem da cidade”.

Reunião secreta
Vereadores se reuniram após a sessão ordinária de ontem, mas trataram o encontro como “corriqueiro”, mesmo diante da transição do governo municipal e a formação de uma comissão de parlamentares prestes a ser constituída para acompanhar o processo. Segundo eles, o encontro discutiu questões comuns na pauta, como o orçamento da Capital para 2013.

Seda
O vereador petista Marcos Alex, que não conseguiu a reeleição, rasgou elogios a Lidio Lopes (PP), que deixa a Câmara no final do ano para assumir a vaga de Paulo Duarte, prefeito eleito de Corumbá, na Assembleia Legislativa.

Vitória
“Quero parabenizar o senhor pela vitória do seu candidato Paulo Duarte. O senhor deve ter pedido muitos votos para a vitória dele”, comentou.

Com tudo
“Aliás a base do senhor ganhou em tudo, aqui (Campo Grande) venceu com o Bernal também. Meus parabéns”, completou. O detalhe é que Lidio não fez lá muita campanha por Bernal.

Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...
Clima de campanha não poupa nem festões
Todo lugar - O clima de campanha, neste segundo turno polarizado, não deixa escapar nem os casamentos. Durante festa no sábado no bufê Murano, na Ave...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions