A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


17/03/2011 06:00

Desistir, jamais

Redação

O presidente do PSDB em Mato Grosso do Sul, deputado federal Reinaldo Azambuja, adotou a política “paz e amor” para resolver o entrevero criado após descontentamento do veterano Onevan de Matos na Assembleia Legislativa. Azambuja disse que conversou com os deputados Marcio Monteiro e Rinaldo Modesto, além do próprio Onevan. “É possível buscar entendimento e dividir bem os espaços”, comentou.

O climão criado na Assembleia por conta das declarações de Onevan motivou Reinaldo a enviar uma nota à imprensa. Em meio a reuniões com a bancada federal em Brasília, o tucano arrumou tempo para manifestar sua opinião. “Há que prevalecer a união e o bom senso entre os colegas”, dizia um trecho.

Em entrevista nesta quarta-feira, o governador André Puccinelli disse ainda estar esperando os R$ 5 milhões prometidos para o Ministério da Integração a Mato Grosso do Sul. Dia desses, Puccinelli brincou que o ministro Fernando Bezerra esqueceu de dizer qual segunda-feira e de qual ano a verba seria enviada.

Questionado sobre as discussões à vaga de Celina Jalad no TCE, André declarou estar havendo um fratricídio (crime entre irmãos) na Assembleia Legislativa e que não quer nem saber das discussões. Pelo jeito, a briga está feia entre os parlamentares na Casa, entre Antônio Carlos Arroyo e Maurício Picarelli.

A transferência do jogo Comercial X Maracaju para o Estádio Douradão, em Dourados, gerou revolta na Câmara da Capital. A reclamação é que os estádios de Campo Grande deveriam ser o local da partida, já que o Comercial tem mando de campo. O problema é que o Morenão foi alugado para show sertanejo da dupla Fernando & Sorocaba e o Jacques da Luz está interditado para reparos.

Para o relatório final do CNJ sobre a inspeção em MS, parece que falta apenas o relatório dos auditores da Receita Federal. Fontes garante que algumas auditorias de outros Estados ficaram para trás, e a do TJ de MS foi prioridade.

O Governador André Puccinelli perguntou ao reitor da UCDB, Padre José Marinone: "O que é mais recomendado, você se aconselhar com um padre recém ordenado, ou com um padre com 20 anos de ordenação". A pergunta foi para tentar ilustrar a critica a um jovem defensor público que quer ser Procurador Geral da Defensoria.

Puccinelli atacou: "Querem nomear um defensorzinho recém formado com 23 ou 24 anos como procurado geral. Isso é descabido". Ao lado dele, a procuradora geral da Defensoria Pública, Edna Regina Batista, que concordava com as afirmações.

O diretor do Procon, Lamartine Ribeiro, disse que estava aparecendo muito na TV ao lado do governador, e já está se sentindo o próprio Faustão, mas sem os "comentários bobos". Puccinelli respondeu: éè que você já é avantajado", referindo a barriga de Lamartine. .

A OAB entrou com nona ação no STF contra pensão de ex-governadores. Desta vez o motivo está no Estado de Rondônia, que paga pensões vitalícias a ex-governadores. A "revolta" que começou por MS, já chegou ao Acre, Amazonas, Paraná, Rio Grande do Sul, Piauí, Pará, Sergipe e Paraíba.

2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...
Secretário torce e comemora venda da folha
Torcida - Parecia um jogo valendo título a forma como o secretário de Finanças e Planejamento de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto, acompanhava a a...


Parece que para o Governador somente os dinossauros devem ser valorizados!! Eles realmente devem ser lembrados, mas como um passado longínquo, onde reinava o atraso e a dominava a força. Os Defensores Públicos são todos iguais, talvez uns mais cansados e desatualizados que outros, em razão da passagem do tempo. O Governador mostra mais uma vez total desconhecimento do que diz, um Defensor para poder DISPUTAR a eleição precisa ser estável na carreira e isso só pode acontecer após 3 anos no exercício do cargo, sendo quase impossivel alguem com 23 anos conseguir isto, lembrando que há eleição e é a classe quem escolhe uma lista de 3 e ele faz a escolha final. Se a classe somente apontar pessoas com 23 anos para integrar a lista é sinal que os mais velhos devem dar espaço para a renovação e oxigenação, sem choro nem vela dos demais.
 
carlos santana oliveira em 17/03/2011 09:41:23
Lamentavel as declarações do Senhor governador. Todos Defensores Publicos merecem nosso respeito e admiração, aliás, são os mais jovens, os que mais trabalham nas comarcas do interior, respondendo por duas varas, juizados especiais, além de substituições, tudo sem condições de trabalho ( até papel oficio muitos tem que comprar).
Senhor Governador, respeite mais os Defensores, aumente o Duodécimo da defensoria e fale menos. Advogado Nelson Dias Neto.
 
nelson dias neto em 17/03/2011 02:06:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions