ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 27º

Jogo Aberto

Banco gastou R$ 38 mil para tapar túnel escavado até cofre

Por Anahi Zurutuza e Adriel Mattos | 18/06/2022 07:00
Máquina despeja concreto em buraco aberto por quadrilha para furtar banco (Foto: Paulo Francis/Arquivo)
Máquina despeja concreto em buraco aberto por quadrilha para furtar banco (Foto: Paulo Francis/Arquivo)

Despesa – O Banco do Brasil gastou R$ 38.713,13 para concretar o túnel escavado por quadrilha que pretendia furtar cofre do Nuval (Núcleo de Valores) em Campo Grande. O buraco, de 4 metros de altura e 67 metros de comprimento, a partir de residência na Rua Minas Gerais, a cerca de uma quadra da agência, foi descoberto em dezembro de 2019.

Furto de milhões – Conforme a investigação do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) à época, a quadrilha que trabalhava a meses no plano de furto já havia gastado R$ 1 milhão para operacionalizar o esquema. Se o crime tivesse sido concretizado, os ladrões teriam acesso a mais de R$ 171,5 milhões, conforme revelou o Banco do Brasil recentemente no processo do caso.

Toxicológico - A Prefeitura de Campo Grande fechou parceria com o Lab Saúde Laboratório de Análises Clínicas, para que os motoristas de aplicativo paguem mais barato no exame toxicológico. A reunião com os representantes da categoria foi realizada na quarta-feira (15) e teve como objetivo facilitar o cadastramento dos 1,8 mil motoristas das plataformas que terão de fazer o teste.

Preço – Hoje, um toxicológico varia de R$ 120 a R$ 150 e agora, os motoristas poderão fazer exame por R$ 85.

No páreo – A senadora Soraya Thronicke (União-MS) ainda está no páreo. O deputado federal Luciano Bivar (PE), pré-candidato à Presidência pelo União Brasil, disse em entrevista à Revista IstoÉ que tem duas mulheres como opção de vice na chapa. “Tenho conversado com diversos partidos, mas uma coisa que nos deixa confortáveis é que o União Brasil tem luz própria. Podemos sair até com uma chapa puro-sangue. Os nomes da senadora Soraya e de Rosângela Moro [advogada e esposa do ex-ministro Sergio Moro] estão sendo discutidos [para vice]”, declarou.

Pau neles – Bivar ainda criticou o PSDB por ter decidido apoiar a senadora Simone Tebet (MS), pré-candidata do MDB à Presidência. O União integrava do bloco de partidos da chamada terceira via, mas rompeu com o grupo por ver falta de unidade. Em maio, o ex-governador paulista João Doria ainda tentava se viabilizar. “O que o PSDB fez foi caminhar para uma insignificância muito grande, porque o partido fazia parte de um bloco de siglas que pensavam da mesma maneira e preferiu se juntar a uma confederação que ninguém sabe para onde vai”.

Dúvida - O presidente do União diz ainda duvidar que Simone seja candidata. “Além de ser muito grande, o MDB é fragmentado em objetivos e pensamentos. Não há nem a certeza de que vão homologar a candidatura da Simone, porque eles preferem estar sempre do lado do poder", disse o presidente nacional do União.

Táxi aéreo – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) revelou que precisou disponibilizar um helicóptero do Estado para Ponta Porã para trazer o ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, a Dourados, que veio a Mato Grosso do Sul para vistoriar as obras na pista do Aeroporto Regional Francisco de Matos Pereira. "Quando não tem aeroporto, tem transtorno. Hoje, mesmo o ministro teve que descer em Ponta Porã, e se não manda o helicóptero, ia demorar duas horas e meia para ele ir e voltar", comentou. O terminal douradense fechou no ano passado para reconstrução de uma das pistas e deve reabrir entre o fim deste ano e o início de 2023.

Habitação - Três cidades de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, Ivinhema e Ponta Porã, foram selecionadas para receber recursos destinados à implementação de projetos-modelo de conjuntos habitacionais voltados a famílias com renda bruta mensal de até R$ 2,4 mil, como parte do programa Casa Verde e Amarela. Os empreendimentos deverão ter até 200 unidades, que devem ser construídas em áreas do centro urbano próximas a comércios, serviços e equipamentos comunitários. O resultado da seleção de municípios foi publicado no Diário Oficial de União (DOU) nesta semana.

Nos siga no Google Notícias