A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


20/06/2016 06:00

Bernal, o asfalto fino e a promessa perto da eleição

Waldemar Gonçalves

Asfalto fininho – O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), ontem, em seu perfil no Facebook, falava que o asfalto na Avenida Capital, a exemplo de tantos outros na cidade, está cheio de buracos por causa da “precariedade do pavimento, que tem espessura mínima”. “Esta via é um exemplo clássico das ruas de Campo Grande. Pavimento fino, material de má qualidade, falta de drenagem”, traz outro trecho do texto.

Seus problemas acabaram – Logo em seguida, Bernal promete que a situação mudará em breve. “Agora, com a casa em ordem, as principais ruas da cidade serão recuperadas, por meio de serviços bem feitos e duradouros, inclusive com a parceria do Exército”. Vale lembrar: falta meio ano para o fim do atual mandato.

Vovô – O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), rendeu homenagens ao neto ontem no Facebook. “Só quem é avô sabe a felicidade que é. E eu sou um privilegiado, tenho três netos. O primeiro deles, o João Pedro, está completando hoje 9 anos de idade e continua me enchendo de felicidade e orgulho pelo garoto bom que é, cheio de energia e alegria. João, saiba que o vô te ama demais e que pode contar sempre comigo para continuar lhe ensinando, serei sempre seu amigo. Um beijo grande! Feliz aniversário!”, escreveu ele, junto a uma foto ao lado do garoto.

Dia decisivo – Reinaldo, inclusive, estará nesta segunda-feira em Brasília, onde participa de rodada importante de negociação com o presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), junto a outros governadores, referente à dívida dos estados com a União. Tem sido a principal pauta do tucano em Brasília (DF), já que pode render algo em torno de R$ 100 milhões por mês no caixa estadual.

Pauta principal – Em agenda pública semana passada, o governador contou que, tão logo assumiu o cargo no lugar de Delcídio do Amaral (sem partido-MS), o senador Pedro Chaves (PSC-MS) telefonou para ele e perguntou qual a principal demanda de Mato Grosso do Sul junto a Temer.

Ajude lá, por favor – A resposta foi um pedido de ajuda na articulação em relação à dívida: "teremos uma reunião importante na próxima segunda com o presidente Michel Temer e esperamos uma solução para o impasse”, comentou, na ocasião.

Ativa e acelerada – Na mesma solenidade, diga-se, Chaves elogiou a gestão de Reinaldo, a avaliando como “ativa e acelerada” em questões essenciais, como saúde e saneamento básico, tema da agenda pública. “O ritmo está cada vez mais forte”, falou o parlamentar.

Contas equilibradas – Reinaldo respondeu lembrando que, no começo de sua administração, em 2015, enfrentou muitas dificuldades financeiras. Depois, a situação melhorou com o equilíbrio das contas. Por este raciocínio, é de se concordar com o governador quanto à importância de se livrar de uma incômoda, cara e eterna parcela mensal da dívida pública.

Não passaria nas urnas – “Sabemos que eles estão desmontando as conquistas que nós fizemos. Este programa levado a cabo pelo governo golpista e provisório não passaria nas urnas deste País. Um governo provisório não pode desmontar o País”. O trecho, de um discurso de Dilma Rousseff (PT) da semana passada, foi reproduzido ontem no Facebook do deputado federal José Orcício, o Zeca do PT.

Santo PMDB – Recentes revelações ligando gente do primeiro escalão de Temer à ‘farra da propina’ na Petrobras ecoou também na Câmara Municipal de Campo Grande, onde a peemedebista Carla Stephanini usou a tribuna em defesa do partido e do presidente. Ela questionou a lisura de colegas da casa de leis que criticaram sua legenda: "quem é que pode falar do PMDB?", rebate.

(com a redação)

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions