A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Abril de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


08/11/2017 06:00

Cães fazem diferença em sessão na Câmara

Marta Ferreira

Visitantes - Entre as discussões e indicações dos vereadores na sessão de ontem, o que chamou atenção mesmo foram três cães que "participaram" bem ao modo deles durante a reunião. A fofura e também o comportamento dos cachorros atraíram gente em voltoa deles.

Atração – Incomuns no cenário, os cães 'posaram' para as fotos com pessoas. Também se “manifestaram” em diversos momentos com latidos. Nenhum fez “coisa feia”.

O motivo - Os cachorros foram levados ao plenário para receber uma homenagem. A honraria não foi diretamente a eles, claro, mas ao grupo que leva os bichos para asilos e abrigos para animar e dar um pouco de amor para quem vive nestes locais. Ao lado das donas, eles acompanharam boa parte da sessão até que o vereador Roberto Santana dos Santos, o Betinho (PRB), anunciou a congratulação aos animais.

“Heranças” - O deputado Pedro Kemp (PT) mencionou na sessão desta terça-feira que as indicações políticas ao Tribunal de Contas do Estado não começaram agora e vem de várias gestões anteriores. Ele afirma que vai ser assim enquanto não for mudada a lei, exigindo que a escolha seja baseada em critérios técnicos. “Enquanto a legislação permitir, não há como reclamar ou exigir que as indicações sejam diferentes”.

Iniciativa popular - Kemp revelou que um grupo de auditores o procurou, dizendo que iriam defender que indicações ao cargo de conselheiro no TCE fossem feitas apenas com critérios técnicos, inclusive sugeriram que fossem servidores de carreira da instituição. “A iniciativa é legítima e válida, mas sabemos que esta questão só poderá mudar, quando ser alterada a legislação”.

PMDB define “chefia” - O deputado Eduardo Rocha (PMDB) comentou que a nova direção estadual do PMDB, vai ser composta de acordo com os mandatos dos filiados. Ele explicou que o André Puccinelli será o presidente e a primeira e segunda vice-presidência ficará com os senadores Waldemir Moka e Simone Tebet. Os demais cargos preenchidos pelos deputados federais e estaduais.

Intenção - Rocha explicou que a chapa vai ser composta desta forma, para “fortalecer” a direção estadual do PMDB, para a campanha eleitoral de 2018. A intenção do partido, segundo as lideranças, é ter candidato próprio ao governo e ampliar o número de deputados estaduais e federais, além de manter Moka no Senado. “Vamos nos fortalecer para chegarmos bem ano que vem”.

Troca - Mudanças no comando da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) e Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) são mantidas em sigilo, aguardando que o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) decida os substitutos de Marcio Monteiro e Enelvo Felini. Um vai para o TCE (Tribunal de Contas do Estado) e outro assume vaga na Assembleia Legislativa.

Sigilo – O secretário de governo, Eduardo Riedel, disse que não tem nada definido até o momento porque se espera a “evolução dos fatos”. Já nos bastidores se cogita que o adjunto da Sefaz, Guaraci Luiz Fontana, possa assumir a pasta com a saída de Monteiro.

Bagagem – Conta o aumento disfarçado das passagens aéreas, a senadora Simone Tebet (PMDB) propôs audiência pública com empresas, governo e OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) para o ínfimo impacto nas tarifas com a cobrança do despacho de bagagem. Evento não tem data prevista.

 

Líder do PCC “sobrou” em presídio
Desarticulação? – Na semana passada, a transferência de seis lideranças do PCC (Primeiro Comando da Capital) da PED (Penitenciária Estadual de Dourad...
Sucessor de Odilon corre dos holofotes
Opostos - Bem diferente do antecessor, o juiz federal Bruno Cezar da Cunha Teixeira faz questão de se esconder dos holofotes. Procurado com insistênc...
Beira-Mar será ouvido em ação de MS
Testemunha - Sete anos depois de deixar Campo Grande, onde passou temporada de 5 anos, entre 2007 e 2011, o homem que já foi considerado um dos maior...
Câmara tenta popularizar hino da Capital
Ajudinha – Nos últimos seis meses, a Câmara de Campo Grande já distribuiu pelo menos 6 mil “colas” da letra do Hino Nacional da cidade. Entregue em e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions