ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SÁBADO  19    CAMPO GRANDE 16º

Jogo Aberto

Campo Grande poderia vacinar até 20 mil ao dia, diz Marquinhos

Marta Ferreira e Gabriela Couto

Por Marta Ferreira | 08/05/2021 07:00
O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, ao falar sobre capacidade para vacinação, que é superior ao número de doses recebidas. (Foto: Eduardo Maluf)
O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, ao falar sobre capacidade para vacinação, que é superior ao número de doses recebidas. (Foto: Eduardo Maluf)

Se... – O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), comentou ontem que, se houvesse vacina, a cidade teria capacidade para imunizar por dia 20 mil pessoas.  Esse público é o dobro quase do dia recorde de imunização até hoje, quando foram 11 mil atendidos com a proteção à covid-19.

Comparação – Um ritmo assim permitira a Campo Grande imunizar, em pouco mais de 20 dias, o mesmo quantitativo populacional alcançado em mais de 4 meses. Até agora, a campanha contra o novo coronavírus aplicou em torno de 310 mil doses de imunizantes.

Imprevisível – Como as remessas do governo federal são uma “surpresa”, não há como estimar um prazo para concluir a campanha.  “A previsão de vacinação não pode ser dada por nenhum gestor porque a gente depende do cumprimento e planejamento do envio das doses”, afirmou ontem Marquinhos.

Avanços – O prefeito destacou o resultado já obtido, apesar do cenário de dificuldades de distribuição dos medicamentos. “Alcançamos 25%, a cada 4 campo-grandenses, um está vacinado”.

Para sempre - Com a imunização em crescimento, o fôlego começa a chegar aos hospitais. Mas entre médicos ouvidos pela coluna, a expectativa é de que só no fim do ano a situação esteja controlada. E a partir do ano que vem, todo o processo terá de ser repetido, com a imunização contra a covid-19 passando a fazer parte do calendário de vacinas regular.

Felino – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) visitou nesta semana o Cras (Centro de Reabilitação de Animais Sociais), em Campo Grande, para conferir o andamento da construção do novo hospital veterinário no local. Azambuja afagou e acariciou “Oncelmo”, onça- parda resgatada ainda filhote.

 Explicando – A visita foi registrada na rede social do governador, junto à explicação do porque “Oncelmo” vai continuar no Cras. É que, depois de ficar tanto tempo sem convívio com a natureza, o bicho não teria mais autonomia para a vida selvagem.

 Itinerante - O deputado estadual Lídio Lopes (Patriota) iniciou o projeto Rota MS 79. Diz que vai mostrar todos municípios do Estado em suas redes sociais, com ênfase no roteiro turístico disponível para a população.

Meta – A proposta é divulgar duas cidades por semana. Até o momento quatro municípios tiveram seus roteiros publicados. São eles: Sidrolândia, Corguinho, Figueirão e Rio Negro. Lídio afirma que está fazendo viagens aos fins de semana para produzir o conteúdo.

 Por falar nisso... – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que sempre usou muito as caravanas para suas campanhas, confirmou aos correligionários de Mato Grosso do Sul que Campo Grande entrará no roteiro para 2022. Com a possibilidade de se candidatar em 2022, o ex-presidente já ganhou celebrações virtuais dos petistas só com a previsão de vinda ao Estado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário