A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 18 de Novembro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


29/05/2018 06:00

Carona na boleia de caminhões não para

Anahi Zurutuza

Carona – O juiz federal Odilon de Oliveira, pré-candidato ao Governo de Mato Grosso do Sul pelo PDT, não ficou só no textão para o Facebook, como trouxe o Jogo Aberto de ontem. Na tarde deste domingo, ele publicou vídeo de apoio aos caminhoneiros e aproveitou para criticar seus futuros adversários políticos.

Cenário fake – O magistrado gravou o vídeo com um caminhão de fundo. Mas o veículo está estacionado sob a sombra de uma árvore. Pelo o que divulgou nas redes sociais, ele não pisou em nenhum dos pontos de protesto nas rodovias de Mato Grosso do Sul.

Carona 2 – Quem aproveitou as manifestações para um corpo a corpo com potenciais eleitores foi o procurador licenciado Sérgio Harfouche. Ele esteve na manhã desta segunda-feira (28) no Posto Caravágio, o ponto de protesto mais movimentado da Capital.

Apoio e oração – O procurador, que também é pastor evangélico e recentemente anunciou a pré-candidatura ao Senado pelo PSC (Partido Social Cristão), declarou apoio aos caminhoneiros e orou com um grupo deles.

Dispensa – A UFMS suspendeu as aulas nesta semana e agora os servidores também querem dispensa por causa da crise do combustível por consequência da greve dos caminhoneiros. O sindicato que os representa a categoria fez pedido oficial ao reitor Marcelo Turine. Veremos!

Emergência - A FAB (Força Aérea Brasileira) vai transportar medicamentos e insumos para hospitais que estão sofrendo com o desabastecimento em virtude da greve do caminhoneiros. A ordem do presidente Michel Temer (MDB) foi anunciada pelo ministro Carlos Marun (MDB) na tarde de ontem.

Preocupação - Em coletiva de imprensa no Planalto, Marun disse que o presidente "tem revelado uma preocupação cada vez maior com a questão da vida humana, da saúde".

Santa Casa - O maior hospital de Mato Grosso do Sul já revelou preocupação em conseguir repor materiais de consumo diário, como luvas e seringas, por exemplo, caso a greve continue. O almoxarifado tem estoque para duas semanas.

Solidariedade – Depois da morte do comerciante Fernando Alle dos Santos, na noite de 25 de maio durante assalto a sua conveniência no Jardim Morumbi, amigos da vítima se uniram para ajudar a família. Por meio do aplicativo WhatsApp, organizaram um grupo com o objetivo de vender o estoque de carnes que ele assaria no último fim de semana.

Rápido – A ação começou após o sepultamento no domingo (27), quando perceberam que as carnes estragariam se não fossem consumidas. Com permissão da família de Fernando, realizaram a venda dos produtos –que totalizaram mais de 50 kg de carne e 60 unidades. Em cerca de duas horas, todo o estoque foi negociado –prova de como a vítima era bem quista.

(Com Humberto Marques e Mirian Machado)

Moro deve levar chefe da PF em MS para Brasília
Já vai - Tudo indica que a temporada do delegado da Polícia Federal Luciano Flores na chefia da superintendência da corporação em Mato Grosso do Sul ...
Mochi prevê chamar concursados ainda em 2018
Aguardem - O presidente da Assembleia, o deputado Junior Mochi (MDB), voltou a reafirmar nesta semana que deve fazer nova chamada de aprovados em con...
Marquinhos defende carnaval de rua e cobra segurança
Contra e a favor - Os vereadores repercutiram ontem, durante sessão da Câmara Municipal de Campo Grande, a questão dos carnavais fora de época na Orl...
Novos deputados prestigiam Reinaldo
Aproximação – A assinatura de contratos para a construção de casas populares em Paranaíba e Chapadão do Sul, realizada ontem na Governadoria, contou ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions