A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Março de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


21/02/2019 06:00

Caso de MS ajuda mobilização contra homofobia

Ângela Kempfer, Anahi Zurutuza e Danielle Valentim

Triste exemplo - Para pedir votos em petição sobre a criminalização da homofobia no Brasil, a fanpage “Quebrando o Tabu”, com mais de 10 milhões de seguidores no Facebook, usou a história do sul-mato-grossense Wesner Moreira da Silva, adolescente de 17 anos que morreu em 2017 após ter uma mangueira de compressor de ar introduzida no ânus.

Morte - O garoto trabalhava em um lava-jato de Campo Grande e, segundo amigos, sofria com "brincadeiras" homofóbicas do dono e de outro funcionário. O crime aconteceu quando a dupla decidiu segurar o garoto a força e introduzir nele a mangueira de compressão de ar. A brincadeira explodiu órgãos de Wesner, que ainda perdeu 20 centímetros do intestino grosso, teve infecção no esôfago, hemorragia interna grave e morreu.

Crime - O que isso significa? O projeto de lei tem como objetivo tratar como crime a discriminação, bullying, perseguição, agressão, motivada unicamente na orientação sexual ou na identidade de gênero da pessoa discriminada.

Dores femininas – A violência contra mulher no Brasil é crime crônico que ganha recordes consecutivos por conta da coragem de quem denúncia. Um reflexo disso está nas medidas protetivas. Em Dourados, por exemplo, houve salto de 284 requisições desse tipo em 2014 para 842 em 2018, aumento de 296%.

De olho - Em reunião com o corregedor-geral de Justiça, desembargador Sérgio Fernandes Martins, o corregedor-geral do Ministério Público, Marcos Antônio Martins Sottoriva, pediu apoio no sentido de convencer o Poder Judiciário a fornecer relatório detalhado sobre processos parados por mais de 30 dias, sem manifestações nos autos.

Sem senha - Hoje o Ministério Público não tem acesso a levantamento sobre o trabalho dos promotores. “Fornecendo estas informações, o processo, em si, terá maior celeridade, em benefício, principalmente, ao jurisdicionado”, explicou Martins.

Lacrou – Por volta das 7h desta quarta-feira (20) quem pretendia registrar boletim de ocorrência na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, que está funcionando provisoriamente na Avenida Mascarenhas de Moraes, teve de aguardar do lado de fora.

Limpeza - A porta da unidade foi fechada com algemas para que a equipe da faxina passasse pano no saguão onde fica a população e os servidores que prestam o primeiro atendimento.

Coisa de comadre - A 10ª Promotoria de Justiça de Dourados instaurou Procedimento Preparatório para "apurar eventuais irregularidades no processo de preparo e distribuição da alimentação fornecida ao Hospital da Vida e UPA”. O fornecimento em xeque é responsabilidade da Marmitaria Comadre Maria.

"Paralização" corta o ponto e queima o filme
"Paralização" - Em circular, alertando professores que faltar ao trabalho para protestar significa corte de ponto, a Secretaria de Estado de Educação...
Na disputa pelo diretório, PSDB tem maturidade?
Maturidade - O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) voltou a dizer que “nunca colocou o nome” para presidência do PSDB. Segundo ele, caso os parlament...
Murilo quer ser candidato ao governo em 2022
Governador - O secretário de Infraestrutura e atual vice-governador, Murilo Zauthi (DEM), não pensa em voos pequenos. Questionado sobre o interesse n...
Para ter confiança com milícias, diga que é de MS
Fama ruim - Fotógrafo infiltrado nas milícias cariocas revelou um dado curioso sobre a maneira como conseguiu confiança dos bandidos no Rio de Janeir...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions