ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 

Jogo Aberto

Compra de vacina russa vai esperar ok da Anvisa

Por Nyelder Rodrigues e Gabriela Couto | 15/06/2021 06:00
O governador Reinaldo Azambuja, à esquerda na foto, ouve explicações de executivo em fábrica que vai fazer a Sputnik no Brasil, durante visita em abril. (Foto: Divulgação)
O governador Reinaldo Azambuja, à esquerda na foto, ouve explicações de executivo em fábrica que vai fazer a Sputnik no Brasil, durante visita em abril. (Foto: Divulgação)

Esperando - Os seis estados, entre eles Mato Grosso do Sul, que formam o Consórcio Brasil Central, decidiram aguardar a decisão da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) sobre o uso emergencial da vacina russa Sputnik V para efetivar a compra conjunta do imunizante.

Barreiras - Segundo o consórcio, as condições impostas ao Consórcio Nordeste, com diversas restrições operacionais, sanitárias e de logística, levaram a adotar a cautela. A intenção já anunciada é de comprar quase 30 milhões de doses da vacina.

Firme - Boatos surgidos no fim de semana indicavam descontentamento da secretaria-adjunta de Saúde de Mato Grosso, Christine Maymone, e até a intenção de deixar a função. Ela negou. "É fake", disse à coluna.

Gostaram - Entidades representantes do comércio, bares e restaurantes comemoraram com postagens nas redes sociais quase que de imediato à publicação da flexibilização das medidas contra a covid-19 em Campo Grande. A mais efusiva foi a Associação Comercial e Industrial.

Obrigado - Enquanto Abrasel, que reúne restaurantes  e bares,  e CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) foram mais contidas se atendo a postagens informativas sobre a possibilidade de reabertura, a ACICG fez questão de ressaltar que suas solicitações foram atendidas pela prefeitura.

Apertando - Ao contrário de Campo Grande, que relaxou as medidas contra a covid, Corumbá resolveu arrochar ainda mais as providencias já anunciadas para conter a doença na cidade. Agora, comércios atacadistas e os varejistas, só poderão funcionar nos sistemas delivery e drive thru, sem abrir as portas aos consumidores

Homenagem - A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul realiza nesta terça-feira (15) sessão solene em comemoração ao Dia do Engenheiro Agrimensor. O evento foi proposto pelo deputado Renato Câmara (MDB)

Agrimensores - Em parceria com o CREA-MS (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso do Sul), a solenidade vai homenagear 26 profissionais que, conforme indicado pela proposta, têm prestado importantes serviços ao Estado

Para piorar - Estudo na CNM (Confederação Nacional dos Municípios) aponta que em 2020 situações de emergência, como alagamentos e deslizamentos, aumentaram 68%. O prejuízo ao País foi calculado em R$ 62,5 bilhões em todo o país

Conta negativa - Em Mato Grosso do Sul, onde além de inundações e desabamentos, os incêndios florestais foram vilões no ano passado, esse prejuízo chegou à casa R$ 64,8 milhões. Oo Estado em pior situação foi o Rio Grande do Sul, com R$ 18 bilhões

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário