A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


04/06/2011 06:08

Craque

Jogo Aberto

O governador André Puccinelli disse que ouviu de quatros deputados que Antônio Carlos Arroyo (PR) se exaltou durante a reunião da última quarta-feira para discutir vaga ao TCE (Tribunal de Contas do Estado).

André Puccinelli afirmou que pediu para que os parlamentares relevassem a tensão de Arroyo e disse que "se fosse deputado" também perdoria o parlamentar do PR pelas críticas feitas durante a reunião e votaria nele para o TCE, mas só se fosse deputado.

Ao ouvir o aúdio da declaração do governador de que os colegas teriam "dedurado" sua conduta durante a reunião, Arroyo foi tirar satisfações com os deputados, mas todos negaram que repassaram as informações a Puccinelli.

Arroyo pediu para a imprensa a cópia do aúdio por meio do bluetooth e mostrou aos deputados para confirmar de onde vieram as declarações, os parlamentares ficaram em uma saia-justa.

Um dos fatos de 2014 será mais uma vaga aberta para conselheiro do TCE, outra que ficará para Assembleia Legislativa indicar. Jerson Domingos já disse que quer a vaga que será deixada pelo presidente do Tribunal, Cícero de Souza.

O presidente da Assembleia afirmou que se quisesse disputar neste ano a vaga para o Tribunal de Contas, não teria concorrente. Nenhum deputado se opunharia ao nome dele, avalia.

Questionado sobre com esta a disputa entre o deputado Arroyo e a senadora Marisa Serrano (PSDB) para vaga no TCE, ele comentou que está igual a corrida de cavalo, só dá para ver na foto quem está com fucinho na frente. Ainda brincou que, se a disputa fosse por fucinho, levaria a corrida, devido a seu avantajado nariz.

Sobre nota de ontem do Jogo Aberto, a Famasul garante que "em nenhum momento tentou comparecer à coletiva de imprensa convocada pelo Fórum de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Mato Grosso do Sul". Segundo a entidade, um convite foi enviado pelo grupo a dois funcionários da informando sobre uma reunião e "não uma coletiva", mas nada foi endereçado à Federação.

O assunto era o Código Florestal, que coloca Fórum e Famasul em lados opostos. "Como entidade representativa da classe produtora de Mato Grosso do Sul, a Famasul estimula o debate aberto, constituído de argumentação técnica a respeito de um tema que diz respeito a toda a sociedade brasileira", informa a Federação em nota.

O Comercial já providenciou placa para homenagear o atacante Jean Carlo e vai fixar no Morenão o registro: "Aos vinte e nove dias do mês de maio de dois mil e onze, em jogo válido pelo Campeonato Sul-Mato-Grossense de Futebol Profissional, aos trinta e oito minutos do primeiro tempo, o atleta Jean Carlo, camisa 10 da equipe do EC Comercial, marcou um gol de rara beleza que se tornou digno desta placa".

Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...
"Nem a pau", diz Correa sobre desistir de ação contra JBS
Negativo - “Nem a pau”. Essa foi a reação do presidente da CPI da JBS, Paulo Correa (PR), à cogitação de retirar a ação contra a empresa, para preser...



O correto seria um concurso público, para ocupar a vaga, assim teriamos pessoas
tecnicas da area, e não acomodação de politicos.
 
haroldo rodrigues em 05/06/2011 11:34:14
ja fiz 18 anos a uns trocentos mir anos e nunca vi um concurso para este TCE...mas todo ano tem discussão de qual deputado vai pra lá...né mole não sô...e aí de quem contrariar o dotô.
 
agricio araujo lima em 05/06/2011 10:46:25
Concordo plenamente com o nobre colega Romulo, Deputados, Senadores, ex Secretarios de fazenda de Estado nunca deveriam passar perto desta nobre corte, entretanto parece que é um órgão de aposentadoria para estes cidadões, isto é uma vergonha, precisa acabar! Extingue a corte ou concurso para conselheiros desde já, a mamata tem que a acabar!
 
Arlindo Nardini Junior em 05/06/2011 04:44:15
Eu acho que deputado não deveria ser conselheiro do TCE. Da a impressão que o Tribunal é um asilo para os nobres parlamentares. Minha humilde opinião.
 
Rômulo Wendell em 04/06/2011 08:27:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions