A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


28/05/2013 06:00

Depois da greve, mudanças nas delegacias

.

Castigo - A greve da Polícia Civil provocou algumas mudanças nas delegacias em Campo Grande. Fernando Nogueira, responsável pela 5ª DP, vai assumir a Coordenação das Depacs. Ele caiu nas graças da Diretoria Geral depois de discutir com grevistas e assumir viatura para fazer pessoalmente a transferência de presos durante a paralisação.

Falou demais - Nesse remanejamento, o delegado Marco Tulio, que respondia pelas Depacs agora vai para a 1ª DP. Mas quem se deu mal foi Márcio Custódio, até então adjunto na 3ª delegacia, ele passará a ser delegado plantonista. Durante a greve, ele postou no Facebook que delegados também deveriam brigar por aumento. 

Por obrigação - Depois de tanta gente revoltada com a ajudinha que a OAB deu para liberar a advogada Daniela Dall Bello Tinoco Rondão do presídio e levar para a prisão domiciliar, a Ordem resolveu se defender e garantiu que protege sim, mas também vai punir se for necessário.

Peso da lei - Em nota, a entidade esclareceu que "a OAB/MS defende a inviolabilidade das prerrogativas, mas também processa e julga o advogado que no exercício de sua atividade profissional atua de forma antiética", por isso instaurou processo para apurar o envolvimento de Daniela com o PCC.

Náufrago - Até o vereador Alceu Bueno anda chateado com o prefeito Alcides Bernal. Tem dito por aí que aguentaria os trancos na função de apoiador na "base do pão e água". Mas como ultimamente só vê água, acha que ficou difícil não abandonar o barco.

Munição - Os fazendeiros vão com uma força-tarefa para Brasília hoje, na reunião com o ministra-chefe da Casa Civil, Gleice Hoffmann. Vão levar presidente da Federação da Agricultura e Pecuária, Eduardo Riedel, o diretor secretário da instituição, Ruy Fachini, além do senador Waldemir Moka (PMDB), deputados federais e estaduais.

Pressão - E ontem, durante audiência pública na Assembleia Legislativa, já mostraram que estão dispostos a tudo. Para o debate com deputados estaduais sobre demarcação de terras indígenas, levaram imagens fortes, de fazendeiro assassinado. Teve gente que nem conseguiu ver as cenas.

Luxo de lixo - Para justificar o reajuste no valor pago pela limpeza da Câmara Municipal, de 175 mil, para um milhão, um dos argumentos da Casa foi o aumento no número de vereadores. Pegou mal porque muita gente passou a fazer gracinha e saiu dizendo que, realmente, a sujeira deve ficar muito maior. 

Nada com isso - O vice-presidente do Conselho Estadual de Saúde ficou irritado e pareceu não entender o motivo da convocação para oitiva na CPI da Saúde, já que o grupo não tem nenhuma influência no que diz respeito às fiscalizações de contratos fechados e verbas públicas dos hospitais de Campo Grande, o que é responsabilidade do Conselho Municipal de Saúde.

 

 

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions