A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


19/02/2016 06:00

Deputado reclama de Dilma ser culpada até pelos buracos

Waldemar Gonçalves
Protesto bem humorado em caminhão na Avenida Cônsul Assaf Trad, ontem (Foto: Debora Bah)Protesto bem humorado em caminhão na Avenida Cônsul Assaf Trad, ontem (Foto: Debora Bah)

Marcha de prefeitos I – Prefeitos de todo o Brasil agendaram para maio a 16ª edição da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. Segundo a Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), o objetivo é cobrar o repasse de mais verbas do Governo Federal.

Marcha dos prefeitos II – Um dos pontos a serem discutidos pelos prefeitos no Congresso é a volta da CPMF, em outros tempos chamado de “imposto do cheque”. Segundo Juvenal Neto, presidente da Assomasul, outros temas são repatriação dinheiro no exterior, piso do magistério, precatórios, o simples nacional e restos a pagar.

Repúdio à CPMF – O deputado estadual Paulo Corrêa (PR) conseguiu aprovar moção de repúdio ao retorno da CPMF. Ele ainda recebeu uma carta com a assinatura de representantes da sociedade civil que também são contra a taxa. Agora, deve encaminhar o documento para a União e o Congresso Nacional.

Carta política – A bancada do PT não quis assinar a moção contra a CPMF. O deputado Amarildo Cruz explicou que todos também são contra o imposto, porém, esta ação se trata de um movimento contra a presidente Dilma Rousseff. “O debate não é sobre impostos e sim uma carta política, por isso não vamos assinar”.

Culpa da Dilma – O deputado Pedro Kemp lembrou que muitos colegas votaram a favor de aumento de impostos do governo estadual, mas que mudaram a postura quando se fala em Governo Federal. “Quando se trata da Dilma, a culpa é sempre dela. Ela é culpada pelo zika vírus, pelos mosquitos e até pelos buracos de Campo Grande”.

Save the date – 13/03/2016. É o dia marcado para mobilização nacional batizada de “Impeachment Já”, justamente contra o governo Dilma. Organizadores estão desde o fim do ano passado divulgando o ato. Convidam a participar “os cidadãos que lutam pela preservação de valores éticos e morais, compromissados com a nossa bandeira”.

Uniforme – Texto sobre o “Impeachment Já”, distribuído por organizadores, pede ajuda das pessoas a repassar as informações, fazendo inclusive panfletos por meio de “vaquinhas”. Outro pedido é que os manifestantes compareçam, no dia 13 de março, vestindo camiseta com as cores da bandeira brasileira.

Bêbado, não – Quem já teve prejuízo – ou até sofreu acidente – sabe o quão sério o assunto é. Mas, brasileiro vê piada em tudo. “Não estou bêbado, estou desviando dos buracos”, traz frase de para-choque de caminhão que trafegava ontem pela manhã na Avenida Cônsul Assaf Trad.

Ele não – O vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), garante que fica no partido, mesmo depois de ter visto a presidente regional, deputada federal Tereza Cristina, ratificar o nome do presidente da Cassems, Ricardo Ayache, como candidato à Prefeitura de Campo Grande em evento de filiação da legenda, semana passada. É que o vereador discorda da indicação.

Ela sim – Carlão defende que o candidato da majoritária seja alguém com condições de disputar o segundo turno. Uma pessoa com 1% em pesquisas de opinião não tem condições de, em uma campanha de 30 dias, crescer o necessário para fazer a disputa, avalia. “Por isso, defendo que a convenção escolha o nome de quem aparecer melhor nas pesquisas, que hoje seria a presidente Tereza Cristina. Mas acato decisão do partido”, pondera.

(com a redação)

Vinda de Temer a MS atraiu poucos políticos
Recepção solitária – Programada em meio ao clima de tensão política sem fim em Brasília, a agenda do presidente Michel Temer em Mato Grosso do Sul no...
Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions