ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 31º

Jogo Aberto

Dória pede emprestado vídeo de alerta contra covid feito por MS

Por Marta Ferreira | 06/03/2021 07:00
Cena do vt produzido pelo governo de MS alertando sobre o contágio pelo novo coronavírus. (Foto: Reprodução de vídeo)
Cena do vt produzido pelo governo de MS alertando sobre o contágio pelo novo coronavírus. (Foto: Reprodução de vídeo)

Alerta compartilhado – O governador de São Paulo, João Dória (PSDB), contou durante entrevista coletiva que pediu “emprestado” a Mato Grosso do Sul vídeo de 30 segundos conteúdo de prevenção ao contágio pela covid-19. Disse ter visto a propaganda no fim de semana e se sensibilizado.

Pedi – Conforme o governador paulista, ele então ligou para o colega sul-mato-grossense Reinaldo Azambuja, pedindo para usar o material na campanha preventiva em São Paulo. Para ele, a peça foi “brilhantemente criada” pela equipe de publicidade do governo de Mato Grosso do Sul.

O que fala – O vt, no linguajar técnico, explora o risco que está levando para casa quem continua saindo para “baladas” em tempos de contágio alto pelo novo coronavírus. A peça foi desenvolvida pela agência Origem.

Angústia – Por falar no tema, a coluna conversou nesta semana com profissionais de saúde que atuam em hospitais e o clima entre eles é de desalento. As internações voltaram a aumentar e, ainda assim, até dentro de ambientes hospitalares há quem desrespeite os cuidados necessários.

Estresse – Com o pico da doença, setores de hospitais que já vinha sendo desativados para voltar a receber pacientes de outras enfermidades tiveram de ser alocados novamente para atender à emergência sanitária. Sofre quem tem de atender a demanda e quem precisa dela, como as famílias de quem está na unidade de saúde por outros problemas.

É daqui- A juíza Cláudia Silvia de Andrade Freitas, namorada de Juscelino Sarkis, o empresário que está no olho do furacão por ter vendido ao senador Flávio Bolsonaro um imóvel de seis milhões de reais em Brasília, é de Mato Grosso do Sul. Cláudia atuava na 2ª Vara Criminal da Comarca de Águas Lindas (Goiás) quando foi convocada por Gilmar Mendes para integrar seu gabinete no comando do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 2017.

Escolhida – Em 2019, ela passou a atuar  no gabinete de João Otávio de Noronha, no Superior Tribunal de Justiça. No ano passado, assumiu cargo criado pelo ministro Dias Toffoli no Conselho Nacional de Justiça.

Pioneira - “É uma função nova, criada em 2019. Sou a primeira juíza do Brasil a assumir essa função”, disse Cláudia, numa live da Associação dos Magistrados do Mato Grosso do Sul. Segundo afirmou, foi requisitada como juíza auxiliar da presidência do CNJ, mas para assumir o papel de assessora interinstitucional do CNJ no CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público).

Encontro – O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Paulo Correa (PSDB), divulgou em suas redes sociais a imagem de reunião ontem cedo com o secretário de Infraestrutura do Estado, Eduardo Riedel, e a ministra Tereza Cristina, de Agricultura. Na pauta, afirmou, estavam assuntos institucionais, com vistas ao desenvolvimento do Estado.

Cortesia – Na publicação, o deputado estadual não poupou palavras agradáveis aos interlocutores. Chamou Riedel de “competentíssimo”.  Quanto à ministra, destacou a proeminência conseguida por ela no governo Bolsonaro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário