ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 21º

Jogo Aberto

Ele não pode ir à Expogrande

Por . | 05/04/2013 06:00

Pessoa não grata - As ações para barrar os shows no Parque de Exposições Laucídio Coelho trasformaram o promotor de Meio Ambiente, Alexandre Raslan, em pessoa não grata na Expogrande. Segundo o presidente da Acrissul, Francisco Maia, pode vir todo mundo, menos o promotor de Meio Ambiente.

Cidade do silêncio - Campo Grande corre o risco de ser riscado da lista dos artistas nacionais, considerando-se que não pode ter show em lugar nenhum. Além disso, todo ano é a mesma história, até a última hora, o povo fica sem saber se pode ou não comprar o ingresso. A insegurança reduz o público nos eventos e impede o artista de marcar um show certo em outra cidade do País.

A postos - A vereadora Rose (PSDB) não descarta disputar uma vaga na Câmara dos Deputados em 2014. Ela contou, ontem, que está a disposição do partido e fará o que for exigido, preciso e necessário para ajudar a candidatura de Reinaldo Azambuja (PSDB). O irmão da tucana, Rinaldo Modesto, o Professor Rinaldo, é deputado estadual e deve buscar a reeleição em 2014.

Baderna - O deputado estadual Lídio Lopes (sem partido) prevê o fim a liberação geral com a decisão do Tribunal de Justiça de permitir a oficialização em cartório de casamentos gays. Integrante da bancada evangélica, o parlamentar está preocupado com o que pode acontecer no futuro com a onda liberal que toma conta da sociedade brasileira. O temor do deputado é que daqui apouco tenha vergonha de ser heterossexual.

Primeira vez - O prefeito Alcides Bernal  (PP) realiza, na manhã de hoje, o primeiro sorteio de prêmios da campanha do IPTU. Mais modesta em relação a outros anos, que teve de casa e apartamento, a premiação de um carro popular derrubou a arrecadação do tributo neste ano.

Polo - O prefeito de Nova Andradina, Roberto Hashioka (PMDB), sonha alto com o futuro da cidade. Ele quer instalar um polo tecnológico e de inovação no município. A ideia é copiar projeto semelhante implantado em Ribeirão Preto (SP). A cidade já conta com campus da UFMS, UEMS e Instituto Federal.

Prêmio do Bernal - O empresário e dono do Correio do Estado, Antônio João Hugo Rodrigues, não poupou Bernal nem ao tentar descobrir o nome do sortudo, que ganhou R$ 1,8 milhão na Loto Fácil quarta-feira. O prêmio equivale ao valor do apartamento do prefeito, que tinha R$ 1,3 milhão até o ano passado, e já conseguiu comprar um imóvel por R$ 1,7 milhão após dois meses no cargo de prefeito.

Zeca e Bernal - A insatisfação do ex-governador Zeca do PT com Bernal começou logo no início do mandato do progressista. Durante reunião em Brasília, o petista tentou articular a vinda de investimentos em habitação na Capital e intermediou uma reunião com o prefeito. Bernal prometeu chegar em 30 minutos. Zeca o espera até hoje.

Rede de intrigas - Aliás, o prefeito Alcides Bernal usou o facebook para atacar as críticas ontem. Ele disse que estão "espalhando" fofocas  maldosas para desestabilizar a sua administração, sobre a falta de merenda nas creches. E reafirmou, por meio do facebook, que não está faltando merenda na rede pública. Pais e mães que são obrigados a reforçar o lanche dos filhos "estão faltando com a verdade".

Nomes, nomes e confusões - A audiência pública sobre pichações teve tanto nome "diferente", que todo mundo se atrapalhou para se referir aos convidados. Era Harfouche (promotor de Justiça), Mazuy (coronel da Polícia Militar) e Yassaka e Matsushita (delegados da Polícia Civil). Até o proponente da audiência, o vereador Eduardo Romero (PTdoB) trocou ou errou mais de um nome.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário