ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 21º

Jogo Aberto

Futebol de MS vira "Sul MatogrossenCe"

Por . | 09/05/2013 06:00

General – O senador Delcídio do Amaral (PT) ficou todo lisonjeiro com o novo apelido dado pela mídia nacional: general comandante dos interesses de Mato Grosso do Sul e dos demais estados do Centro-Oeste e Norte do País. “Alguém ai acha que eu fiquei aborrecido?”, perguntou, no facebook.

Resposta – O governador André Puccinelli (PMDB) não dormiu no ponto em torno das polêmicas nos últimos dias. Ele veio de Brasília, deu a entrevista na TV Morena e voltou para continuar a "defesa dos interesses de Mato Grosso do Sul".

Motivos – Mato Grosso do Sul tem uma luta difícil e longa em torno da reforma do ICMS. Além das perdas de R$ 800 milhões a R$ 1,7 bilhão por ano com a mudança na alíquota, o Estado ainda pode perder para o rico estado de São Paulo, toda a arrecadação do tributo sobre o gás importado da Bolívia.

União – Além da bancada federal, o estado conta com duas grandes lideranças na guarida. Puccinelli defende os interesses de olho no Governo que só termina em 2014. E Delcídio, como pré-candidato, faz a defesa de olho no futuro.

De novo – A vereadora Carla Stephanini (PMDB) mudou de lugar, ontem de manhã, para dar a vaga para Grazielle Machado (PR). A parlamentar tem lugar cativo ao lado do “amigo” Eduardo Romero (PTdoB). A cena aconteceu na sessão itinerante no bairro Estrela do Sul.

Realidade – Os vereadores foram ao bairro para conhecer a realidade da população local. No entanto, entre uma queixa e outra, os parlamentares não tiveram o que reclamar da boa vida. Garçons foram levados especialmente para atender os edis durante a sessão ontem.

Retardado – Dono do Correio do Estado e presidente regional do PSD, Antônio João Hugo Rodrigues, não poupou impropérios para falar do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que veio à Capital após o escândalo da máfia do câncer aparecer no Fantástico da Rede Globo. AJ chamou, no facebook, o minstro de “imbecil” e “retardado”.  O escândalo surgiu em 19 de março, mas o ministro só se manifestou mais de 45 dias depois.

De novo – A vereadora Carla Stephanini (PMDB) mudou de lugar, ontem de manhã, para dar a vaga para Grazielle Machado (PR). A parlamentar tem lugar cativo ao lado do “amigo” Eduardo Romero (PTdoB). A cena aconteceu na sessão itinerante no bairro Estrela do Sul.

Pecados linguísticos – Erros de português e de concordância estamparam o banner na festa de comemoração dos melhores do Campeonato Estadual 2013. Nem a equipe da TV Morena salvou a concordância verbal. “TV Morena, FFMS.. apresentÃO o Campeão...”

De matar – Além de trocar o “apresentam” pelo “apresentão”, o banner tinha um erro ortográfico grave. Sul-mato-grossense ficou sem hífen e ainda o “c” substituiu o “s”. A Federação de Futebol de MS, no mínimo, faltou às aulas da língua portuguesa, e tascou "Sul MatogrossenCe".

Erros marcam cartaz sobre o campeão no futebol
Erros marcam cartaz sobre o campeão no futebol
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário