ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  25    CAMPO GRANDE 22º

Jogo Aberto

Governador desmarca jantar romântico de “Bodas de Pérola”

Por Caroline Maldonado e Maristela Brunetto | 08/05/2024 06:00
Mônica e Eduardo em foto postada por ela no ano passado, na comemoração de 29 anos de casados.
Mônica e Eduardo em foto postada por ela no ano passado, na comemoração de 29 anos de casados.

Adeus amor - As “Bodas de Pérola” vão ter de esperar. O governador Eduardo Riedel (PSDB) não vai poder curtir com a esposa Mônica o aniversário de 30 anos de casamento, comemorados em 14 de maio. Ele vai embarcar no dia 11 e ficará até 20 de maio em compromissos do MS Day, em Nova Iorque (EUA), evento para divulgar o potencial econômico de Mato Grosso do Sul.

Correndo - Com agenda apertada, para aproveitar todos os minutos de contato com empresários locais, os assessores de Riedel garantem que não vai sobrar tempo para nada, nem sequer para curtir um lugarzinho diferente em Nova Iorque, o que obrigou o governador a adiar o jantar de comemoração com a amada.

Inclusão incompleta - Nesta terça-feira (7), a Assembleia Legislativa aprovou o Projeto de Lei que pode conceder a redução de 60% do IPVA a representantes legais de pessoas com deficiência física, visual, mental, autistas ou pessoas com síndrome de Down. A proposta é de autoria da deputada Lia Nogueira (PSDB), mas exclui os deficientes auditivos, o que também exige idas às terapias, como justificou a deputada no projeto que ainda depende de sanção do governador.

Doação X golpe - Com tanta gente doando ao Rio Grande do Sul, o presidente da Assembleia Legislativa, Gerson Claro (PP), resolveu alertar para o risco de golpes e dar uma dica. "O País tem um sistema nacional de assistência social e uma coordenação nacional de defesa civil . Acredito que toda ajuda deve ser feita de forma institucional."

Estranho - A prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes (PP), que geralmente faz questão de acompanhar a chegada da Guarda Civil Metropolitana itinerante aos bairros da Capital, não compareceu ao evento que reuniu moradores e associação de bairro na manhã de terça-feira (7).

Resolvendo problema - A equipe de comunicação chegou a ir ao local para esperar e registrar a participação da prefeita, sem saber que ela não iria mais. Depois, aos moradores foi informado que a prefeita teve de desviar o caminho para ir até uma unidade de saúde “resolver uma situação”.

Surpresinha - Ninguém divulgou previamente a tal agenda, mas a Adriane Lopes publicou no Instagram, no fim da tarde de ontem, que fez "visita de fiscalização" na  USF (Unidade de Saúde da Família) Aguão, na zona rural de Campo Grande. Na farmácia da unidade, a reclamação foi sobre falta de remédios.

Já vem - Sem se abalar, a prefeita ouviu todas as reivindicações, pediu a lista dos medicamentos em falta no estoque e garantiu que, no máximo, em 15 dias, serão enviados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Cadê tu? - A Justiça não consegue localizar o ex-prefeito Alcides Bernal, para intimação pela 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande.  O processo em questão é de improbidade administrativa e envolve a entidade Morhar Organização Social, que deixou de construir casas para ex-moradores da antiga favela Cidade de Deus.

Vivinho - Famoso por conseguir na Justiça o direito de morar na área comum de condomínio de Campo Grande, até o gato Frajola foi rackeado. Com 17 mil seguidores, o perfil do bicho, criado pelo advogado do animal, publicou mensagem dizendo que o gato estava morto. Logo o administrador explicou que se tratava de fake news.



Nos siga no Google Notícias