A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


09/01/2015 06:00

Governo e Fetems se preparam para guerra sobre o novo piso

Edivaldo Bitencourt

Contas – Mesmo sob pressão, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) já avisou que só vai conceder o reajuste dos professores, previsto na lei, após verificar as condições financeiras do Estado. O impacto nas contas será de R$ 12 milhões por mês.

Teste – A Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação) também faz as contas, mas de quanto será o reajuste com o novo piso nacional, de R$ 1.917. A entidade estima que o aumento deve chegar a 25%, quase quatro vezes a inflação dos últimos 12 meses na Capital.

Tribunal de Contas – A novela do Tribunal de Contas do Estado ainda continua. Ontem, o deputado Antônio Carlos Arroyo (PR) entrou com novo recurso no Tribunal de Justiça. Ele quer anular a liminar que impede a sua posse na corte fiscal.

Poderes – A Assembleia Legislativa não deve desistir fácil da briga com o TCE pela indicação de Arroyo. No entanto, a briga vai continuar até 2 de fevereiro, quando assumem os novos deputados e o jogo de força muda no Palácio Guaicurus.

Paz – A disputa pela presidência da Associação dos Municípios deve terminar em acordo. Nos bastidores políticos é dado como certo a desistência de Sérgio Barbosa (PMDB) em favor de Juvenal Neto, prefeito de Nova Alvorada do Sul.

Disputa – Por outro lado, a disputa pela presidência da Assembleia Legislativa vai continuar. Pelo menos, nos próximos dias, Zé Teixeira (DEM) e Junior Mochi (PMDB) continuam na briga pelo apoio dos deputados estaduais.

Prudência – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) decidiu adotar a prudência sobre a suposta bomba encontrada no local da posse dos secretários. Ele disse que só deverá comentar o caso após o laudo sobre a presença de explosivos no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo.

Corrupção – Na posse do novo presidente da Agepen, o governador não fez malabarismo e foi direto ao assunto. Combater a corrupção nas forças de segurança é uma das prioridades do novo Governo.

Parceria – O Governo aposta na parceria com as prefeituras para implementar os mutirões na área de saúde. O titular da pasta, Nelson Tavares, já definiu que as primeiras ações vão começar pelas cidades em que o prefeito ajudar o Governo na implantação dos mutirões.

Partido – Dez meses após assumir a prefeitura, Olarte ainda não conseguiu desalojar Alcides Bernal do comando regional do PP. Sem saída, ele vem buscando um partido que lhe dê sustentação política e garanta palanque para disputar a reeleição em 2016. Entre os grandes, o principal alvo é o PSDB.

Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...
Assembleia agora tem 8 "independentes"
Mais uma – Depois de votar com o governo por três anos e meio, a deputada estadual Grazielle Machado(PSD) anunciou que agora será “independente”, ass...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions