A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


20/04/2012 06:00

Liso como bagre

Jogo Aberto

Drible 1

O ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, deu uma de atacante liso, daqueles que

escapa da zaga adversária com facilidade. Ao ser questionado ontem sobre a permanência, há mais de 20 anos, de Francisco Cezário no comando da Federação de Futebol de MS, disse que o Ministério prioriza a gestão eficaz do esporte, visando a modernização do futebol. Mas foi embora sem emitir opinião sobre a presença de Cezário há tanto tempo.

Drible 2

Rebelo foi indagado, ainda, se trouxe algum tipo de orientação do seu partido, o PCdoB, para as eleições em Campo Grande, mas rejeitou a ideia. Afirmou não ter tempo nem para os problemas do Ministério, às voltas com organização da Copa do Mundo de 2014. Apesar disso, reuniu-se com correligionários.

Mordido

O líder do PMDB na Assembleia, deputado Eduardo Rocha, causou estranheza ao anunciar que iria ao aeroporto recepcionar o senador Aécio Neves (PSDB), que veio à Capital apoiar o pré-candidato tucano Reinaldo Azambuja. Ao perceber o espanto, o deputado justificou que iria com uma tesoura, para cortar as asas dos tucanos.

Protesto

Eduardo Rocha só perdeu o bom humor ao ouvir o colega de partido, Marquinhos Trad (PMDB) criticar as atitudes tomadas na formação de alianças. “Acho que estou no lugar errado”, declarou ao se retirar da sessão.

Presidente

O parlamentar não resistiu e voltou à sessão. Na falta de deputados da Mesa Diretora, que conta com Jerson Domingos (PMDB), presidente, Maurício Picarelli (PMDB), vice, Dione Hashioka (PSDB), 2ª vice-presidente, e Mara Caseiro (PTdoB), 3ª vice-presidente, Eduardo Rocha assumiu a sessão por alguns minutos.

Constrangimento

As declarações de Marquinhos deixaram os deputados constrangidos, mas poucos levantaram para se manifestar e os que fizeram preferiram falar sobre o pai do deputado, que recebeu homenagem póstuma esta semana.

Confidências

O deputado falou sobre a homenagem feita ao pai na Câmara Federal e confidenciou a impressão que tinha do local. O deputado relatou que sempre teve uma antipatia ao Congresso, porque por muitos anos teve que "dividir" o pai com as sessões.

Nos bastidores

Marquinhos aproveitou a fala na Assembleia para dizer que a verdadeira política de sua casa é a mãe, Terezinha Mandetta, que conseguiu sustentar um casamento por 50 anos, sabendo ultrapassar todas as dificuldades da vida pública e sem turbulência.

O deputado Antônio Braga, de camisa xadrez, em meio a uma rodinha de deputados esperando a chegada de Aécio. Como demorou demais, ele foi embora. (Foto: João Garrigó)O deputado Antônio Braga, de camisa xadrez, em meio a uma rodinha de deputados esperando a chegada de Aécio. Como demorou demais, ele foi embora. (Foto: João Garrigó)

Desisto

O ex-deputado Antônio Braga (PDT) foi um dos poucos que não é filiado ao PSDB que esteve no Aeroporto Internacional de Campo Grande para recepcionar o senador Aécio Neves (PSDB). Porém, o atraso de uma hora impossibilitou a recepção. O deputado conversou por muito tempo com os colegas e chegou a ir até a porta de desembarque. Mas foi embora a poucos minutos da chegada, justificando que tinha um compromisso.

Atraso e desorganização

O atraso do senador provocou tumultuo e muita desorganização. Ao final, a grande espera teve um pequeno retorno, com declarações sem grandes novidades para os rumos da eleição em Campo Grande.

Dagoberto mente, diz liderança do PDT
É fake – As última declarações do deputado federal e presidente do PDT em Mato Grosso do Sul, Dagoberto Nogueira, sobre os pedidos de expulsão do jui...
Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions