A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Julho de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


08/04/2019 06:00

Mais Médicos no Estado ficou imune de debandada nacional

Humberto Marques

Blindado – Pelo menos por enquanto, Mato Grosso do Sul ficou livre do “êxodo” do programa Mais Médicos em 2019. Enquanto reportagem da Folha de S. Paulo apontou na semana passada que 1.052 médicos deixaram o programa após a debandada dos mais de sete mil cubanos, por estes lados não houve desistências, segundo a Secretaria de Estado de Saúde.

Substitutos – O Mais Médicos tem 224 vagas no Estado, sendo que 114 eram ocupadas por médicos cubanos –que, diante das indisposições entre os governos de Jair Bolsonaro e o de Raul Castro, viram a grande maioria deixar o país. Deste total, 79 vagas foram ocupadas por médicos brasileiros e 35 por profissionais do exterior que não passaram pelo Revalida.

A conferir – Em meio ao cabo-de-guerra entre Assembleia Legislativa e Ministério Público Estadual envolvendo a prerrogativa de promotores investigarem autoridades estaduais (entre governador, prefeitos e deputados estaduais, entre outros), a saída encontrada pelo procurador-geral de Justiça, Paulo Passos, gera apreensões quanto aos próximos capítulos.

Meio termo – De um lado, os deputados estaduais queriam que o titular da PGJ comandasse as investigações, enquanto na Procuradoria a intenção era permitir que todos os membros do Ministério Público respondessem pelos inquéritos. Passos seguirá recebendo as denúncias contra as autoridades, porém, poderá delegar a outros integrantes do órgão o comando dos trabalho.

365 dias – No domingo (7) completou-se o primeiro ano da prisão do ex-presidente Lula –que ocupa uma sala na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Soraya Tronicke (PSL) não deixou a data passar em branco: em sua página no Facebook, ironizou o petista com uma arte parabenizando-o por estar a “um ano sem roubar”.

Contraponto – Apoiadores do ex-presidente também recorreram ao mesmo canal para sair em defesa de Lula. Zeca do PT, por exemplo, replicou link de reportagem com bilhetes enviados pelo líder petista da cadeia e com a carta do mesmo, publicada ontem, na qual ele reclamara estar “preso injustamente, acusado e condenado por um crime que nunca existiu”, cita o texto.

Câmaras – Requerimento apresentado à Câmara de Ivinhema pelo vereador Marcio Alves de Oliveira tem como destino o deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara Federal. O objetivo é solicitar relatório de trabalho de Rogério Pierrete Câmara no período em que assessorou o ex-deputado Carlos Marun (MDB).

Prestando contas – O pedido foi assinado pelo vereador Márcio Alves Ribeiro (PR), que afirma ser “cotidianamente” questionado pela população sobre o trabalho do então assessor de Marun, uma vez que “nunca presenciaram sequer a realização de uma reunião ou outra atividade realizada na região do Vale do Ivinhema”.

Entulho – Também do sul do Estado, a retirada de entulhos do quintal de Rosária Lucca Andrade (PSDB), vice-prefeita de Mundo Novo, deu o que falar. O vereador Paulo Lourenço (PV) foi às redes sociais afirmar que ela usou maquinários da prefeitura para limpar o terreno. Segundo ele, servidores confirmaram que “prestaram o serviço”. Ele prometeu ir ao Ministério Público Estadual denunciar o caso.

Veja bem – À coluna, Rosária mandou foto mostrando alguns materiais de construção rebatendo que a área foi limpa. “Vieram buscar entulho da minha obra, porque pediram para usar para atenderem pedidos de cidadãos que estavam aguardando em uma rua do município que foi destruída depois da última chuva”, justificou ela, em mensagem.

(Colaborou Sílvia Frias)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions