A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


15/02/2014 07:00

Mais uma sindicalista ganha cargo de Bernal

Edivaldo Bitencourt

Sindicalista – Aliada de primeira hora, a sindicalista Maria das Dores Rocha é mais uma líder contemplada pelo prefeito Alcides Bernal (PP). Ela foi nomeado com cargo na Secretaria de Governo, com direito a receber bonificação de 100% sobre o salário.

Presente – Maria das Dores foi contemplada após fazer oposição a Marcos Tabosa, atual presidente do Sindicato dos Servidores Municipais. Ela só não conseguiu tira-lo do cargo, mas manteve posição firme a favor do prefeito nos embates do sindicato.

Pioneiro – A Secretaria de Governo já abriga um outro sindicalista favorável à Bernal. Abílio Borges também ganhou emprego na pasta após liderar os atos a favor de Bernal durante o processo que tentou cassar-lhe o mandato na Câmara Municipal.

Outra – A Agência Municipal de Transporte e Trânsito é outra que tem um sindicalista defensor ardoroso do prefeito. Lúcio Maciel, do Sindicato dos Radialistas, tem cargo de confiança na pasta desde a época em que a presidente era Kátia Castilho.

Mistério – O governador André Puccinelli (PMDB) foi sozinho ao encontro do ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, na noite de quinta-feira. A conversa, que pode mudar os rumos da política no Estado, não teve testemunhas.

Mistério 2 – Ontem, o governador ficou calado e evitou a imprensa para falar sobre a reunião na noite anterior. O Campo Grande News fez plantão na Governadoria, mas o chefe do Executivo limitou-se a dar tchauzinho e não deu declarações.

Cálculo – O vereador Eduardo Romero (PTdoB) fez os cálculos sobre o impacto da isenção do Imposto sobre Serviços na tarifa do transporte coletivo. Ele chegou a conclusão que o valor deveria ser de R$ 2,62 e não R$ 2,70, como foi definido pelo prefeito Alcides Bernal.

Otimista – Apesar da polêmica em torno do reajuste abusivo do IPTU, o secretário de Receita, Disney Souza, está otimista com a arrecadação do tributo. Ele prevê aumento de 9% em relação aos últimos dois anos. O estranho é que a comparação não foi feita em relação a 2013.

Com documento – A secretária municipal da Mulher, Jaqueline Hidelbrand, rebateu a suspeita de que dirigia sem portar os documentos obrigatórios. Por meio da assessoria de imprensa, ela informou que a carteira de motorista e o documento estavam no porta-luvas do veiculo. Jaqueline saiu dirigindo após ser barrada na Câmara por não ter documentos.

Perigoso – Jaqueline pode ter cometido, apenas, uma imprudência. Deixar os documentos no veículo não é uma medida recomendada pela polícia, porque facilita a ação dos bandidos.

(colaborou Kleber Clajus)

#FicaTemer: governo vai deixar saudades, avalia Marun
#FicaTemer – A hastag bombou nas redes sociais impulsionada por eleitores que fazem oposição ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro, e o ministro ...
O ato falho de Odilon ao anunciar apoio
Tropeço – No ato em que recebeu apoio do MDB na disputa pelo governo estadual, Odilon de Oliveira (PDT) também aproveitou para declarar seu apoio a J...
Deputada não reeleita critica regras
Justificativa - A deputada Mara Caseiro (PSDB) comentou ontem na Assembleia Legislativa que não se elegeu pelas regras da legenda, já que sua votação...


Na GUARDA MUNICIPAL também temos nosso presidente do SINDGM em cargo de confiança, ou seja, é chefe de uma das 7 sub sedes!
 
Emerson Vicente em 15/02/2014 22:25:29
quando o Zeca tornou - se governador todos os sindicalistas da ACP e Fetems,foram nomeados para cargo de confiança e comissionados....no Brasil é assim,em CG,a politica é isso..o sindicato nunca é anti partidario.
 
fatimaardaia em 15/02/2014 18:46:50
Bem,como o resultado dessa reunião virou uma caixinha de surpresa, fiquemos todos na torcida para que,no dia revelação,todos tenham um final feliz. Pelo menos a maioria).
 
Anderson Roque em 15/02/2014 07:37:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions