A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 26 de Março de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


08/03/2019 06:00

Ministro toma chá de cadeira em fila de banco

Ângela Kempfer e Aline dos Santos
Leitor enviou foto do ministro da Saúde em espera da Caixa Econômica.Leitor enviou foto do ministro da Saúde em espera da Caixa Econômica.

Na fila - Campo Grande ainda não se acostumou com uma celebridade política. O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, foi fotografado em fila da Caixa Econômica na Capital, como bom brasileiro, cansado, tomando chá de cadeira.

Caseiro - Mandetta também parece não ter mudado muito a rotina, apesar do cargo em Brasília. Desde que assumiu o ministério, passa os fins de semana em casa, foi até a jogo no Morenão e casamento de ex-paciente.

Retratado – O juiz aposentado Odilon de Oliveira retirou na Quarta-Feira de Cinzas (6) sua carteira funcional na OAB-MS, com direito a foto do “grande momento” e menção no site oficial da entidade.

No trecho - O presidente em exercício da Seccional da Ordem dos Advogados, Gervásio de Oliveira Júnior, posou ao lado do juiz federal aposentado que, agora, está apto a voltar à advocacia, depois da derrota na corrida pelo governo do Estado.

De olho em 2020 - Renato Câmara (MDB) não descarta disputar a prefeitura de Dourados no ano que vem, porém, disse que o partido também tem feito convites a vereadores da cidade, que se aceitarem entrar na legenda, também entram no páreo.

Abrindo o ano - O deputado Evander Vendramini (PP) diz que vai acionar a direção do seu partido para cobrar a primeira reunião do ano. "Temos que correr atrás, até porque precisamos fazer o planejamento para 2020".

Lula livre - Já o colega Cabo Almi (PT) contou que em breve haverá um congresso nacional do PT, com o tema "Lula Livre", para direcionar a legenda nos estados, com foco nas bases municipais.

Não é não - Em 72 páginas da decisão que aceitou denúncia contra André Puccinelli e cia., na Lama Asfáltica, o juiz Bruno Cézar da Cunha Teixeira negou perícias contábeis nas contas do Aquário do Pantanal, a pedido da Proteco, de João Amorim.

Ação que segue - O juiz também negou suspender a ação até que haja o pronunciamento do STF sobre a colaboração premiada de Joesley e Wesley Batista, conforme solicidado pela defesa.

Aluga-se - Já André Puccilleni queria que fosse anulada apreensão de documentos em quitinete em Indubrasil, onde também foi encontrada maquete do Aquário. A justificativa é de que o espaço era alugado, por isso, o proprietário não poderia abrir o lugar para a Policia Federal entrar.

Condenado da Máfia dos Cigarros pode trancar ação
Ostentação - Condenado na operação contra a Máfia do Cigarro, o tenente-coronel Admilson Cristaldo Barbosa conseguiu que o Tribunal de Justiça analis...
Prefeito pesa no sermão em aula para o Enem
Rumo ao Enem – O prefeito Marquinhos Trad participou no sábado (23) de aula do projeto bancado pelo município para alunos que vão prestar o Enem nest...
Superintendente da PF é um dos últimos românticos
Romântico - O novo superintendente da Polícia Federal, Cleo Mazzotti arrancou suspiros no auditório ao citar a esposa. "Meu anjo, você está aí por qu...
"Paralização" corta o ponto e queima o filme
"Paralização" - Em circular, alertando professores que faltar ao trabalho para protestar significa corte de ponto, a Secretaria de Estado de Educação...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions