ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 30º

Jogo Aberto

MPE em suspenso

Por Jogo Aberto | 18/05/2012 06:00

Eu que apoiei

O ex-deputado Dagoberto Nogueira (PDT) diz que não faz questão de ser vice do deputado federal Edson Giroto (PMDB) em Campo Grande. Porém, de outra coisa ele faz sim, questão: de dizer que foi um dos primeiros a abraçar a candidatura de Giroto e levá-lo para os bairros de Campo Grande.

No vácuo

Dagoberto alega que o interesse para ser vice de Giroto só aumentou porque outras pessoas, incluindo antigos adversários, viram que ele lidera as pesquisas e tem condição de ganhar a eleição em Campo Grande.

Estratégia de sucesso

A Duts Promoção, do empresário Eduardo Maluf, que é de Campo Grande, está se especializando em usar o futebol para divulgar suas duplas sertanejas. No jogo de quarta-feira entre Vasco e Corinthians, a manga da camisa dos jogadores do time carioca trazia o nome da dupla Henrique e Diego.

Vem, gente

Dessa vez, a intenção da Duts é levar público para a próxima apresentação de Henrique e Diego, nascidos no Mato Grosso. O show será em Goiás, na cidade de Anápolis, nesta sexta-feira.

Promovidos

A Polícia Militar mudou de patente 11 oficiais da Corporação em Mato Grosso do Sul, em publicações divulgadas ontem. São três novos coronéis, quatro tenentes-coronéis, um capitão e três primeiros-tenentes.

Força feminina

As três últimas promoções citadas são de mulheres que eram aspirantes a oficiais e agora são primeiros-tenentes, Daniele Macedo Grotti, Elka Ferraz Blanco e Gabriella Letícia Fernandes de Oliveira. Daniele, aliás, foi a primeira colocada na academia, feita em Brasília.

Eles vêm aí

No Ministério Público Estadual, o clima é de compasso de espera pela inspeção que vai começar no dia 21 de maio, a próxima segunda-feira, no órgão.

Somos caxias

Uma das determinações aos funcionários é que cumpram expediente das 8h às 11h e das 13h às 18h. Quem costuma sair às 17h, 17h30, terá de ficar até seis da tarde.

Comitiva

Nos bastidores do MPE, a informação é que o grupo que vem da Corregedoria do Ministério Público é formado por 35 pessoas. A atuação será dividida por setores.

Memória

A última vez que uma inspeção do tipo esteve em MS foi no Tribunal de Justiça, no fim de 2010, e o relatório, divulgado mais de um ano depois, apontou várias irregularidades, que ainda estão sob investigação. Entre elas, estão as suspeitas de enriquecimento ilícito de desembargadores.