A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


22/11/2012 06:00

Não me meto

Marta Ferreira

Sem palpite
O prefeito Nelson Trad Filho voltou a negar que vá interferir no processo de escolha do novo presidente da Câmara Municipal e garantiu que os vereadores têm total autonomia no processo. “Não vou interferir. Cabe mais ao Bernal do que a mim”.

Eles sabem fazer
“A Câmara sempre soube escolher seu presidente. Como prefeito, sempre ouvia. Mas eles sabem o procedimento. A Câmara tem que escolher um presidente que possa ajudar no Legislativo e encaminhar as ações ao prefeito”, explicou Trad, ele mesmo um ex-prefeito da Casa.

Desdém
Após a derrota do PMDB na disputa à Prefeitura de Campo Grande, Nelsinho assegurou que seu partido não está lutando pela presidência da Casa.

Ainda é cedo
Nelsinho também comentou sobre a eleição de 2014. Ao reforçar que só sai candidato se for ao Governo do Estado, preferiu não responder sobre os arranjos para a disputa, como a possibilidade de formar uma chapa pura com Simone Tebet.

Não vou
Trad também revelou que não deve participar da próxima reunião entre as equipes de transição ao governo municipal, marcada para amanhã (23). A informação de que tanto o peemedebista quanto Bernal não devem participar da maioria dos encontros já havia sido divulgada na última segunda-feira.

Só se precisar
Segundo o prefeito, ele só deve participar das reuniões se houver algum tema mais específico a ser tratado e que fuja da instrução normativa do TCE (Tribunal de Contas do Estado), que disciplina o processo.

Questões maiores
Santa casa, servidores, IPTU e as grandes licitações, segundo Trad, são temas que podem merecer encontros específicos entre ele e o prefeito eleito.

Caciques
Reunião marcada para a próxima terça-feira entre os deputados deve encaminhar a escolha da nova formação da Mesa Diretora da Assembleia a partir de 2013, no entanto, essa disposição deve ter começado a ser desenhada em encontro reservado entre Londres Machado e Jerson Domingos, que se encontraram na última terça. O que foi discutido entre eles, certamente, terá peso nas negociações.

Casual
O governador André Puccinelli usou a expressão “casual” para definir os dois encontros que teve, até agora, com o prefeito eleito de Campo Grande Alcides Bernal. O primeiro deles foi numa reunião entre deputados e Puccinelli e, o segundo, um almoço. Conforme André, em ambas as ocasiões, não foi possível conversar nada específico sobre a administração municipal.

Pausa
Em meio à indefinição sobre a situação dos catadores de recicláveis no lixão, um grupo que estava ontem no local tirou um tempinho para algo, digamos, mais prazeiroso. Com uma Playboy na mão, os catadores se concentram em olhar as atrações da revista masculina.

 

2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...
Secretário torce e comemora venda da folha
Torcida - Parecia um jogo valendo título a forma como o secretário de Finanças e Planejamento de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto, acompanhava a a...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions