A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


06/12/2016 06:00

Notícias de segunda-feira alimentam '2016 interminável'

Waldemar Gonçalves

Em uma segunda só – Tem muita gente dizendo, principalmente nas redes sociais, que 2016 insiste em não terminar. Ontem, ao anunciar o aumento no preço dos combustíveis, a Petrobras colocou mais gasolina neste discurso. Sem contar que a notícia chegou depois da proposta da idade mínima de 65 anos para se aposentar, que vai a análise do Congresso, e o afastamento do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), tudo em uma segunda-feira só.

Momento não é propício – “Adianto que defendo a retirada de pauta da matéria, como argumentam outros senadores, como Ronaldo Caiado. O momento não é propício para discutir esses temas. O Brasil tem pressa por outras decisões do Congresso”. Opinião do senador Waldemir Moka (PMDB-MS) sobre o projeto que altera a lei do abuso de autoridade.

Anticorrupção – Já a última postagem da senadora Simone Tebet (PMDB-MS) no Facebook, até o início da noite de ontem, era sobre o projeto anticorrupção. “Senado demonstrou compromisso com o povo ao rejeitar a urgência. Vamos readequar o projeto”, opina a parlamentar.

Trabalhando quietos – Depois de reuniões com os secretários municipais de Finanças, Planejamento, Receita, Saúde, Educação e Administração, entre outros órgãos municipais, a equipe de transição do prefeito eleito, Marquinhos Trad (PSD), tem trabalhado de forma silenciosa. Nenhuma declaração é dada sobre o balanço do que foi apresentado e as constatações dos membros da comissão.

Seguinte – A próxima etapa da peregrinação pelas pastas da atual gestão da Capital é saber como está a situação na SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social). Quanto a saber o que foi apresentado ou as opiniões do time de Marquinhos, quem sabe após 1º de janeiro de 2017.

Chapelão – O prefeito de Rio Verde, Mário Kruger (PSC), conhecido por sempre estar com seu chapéu, ganhou um novo companheiro nas agendas dos prefeitos. Sebastião Donizete (PMN), eleito em Terenos, tem o mesmo perfil.

Sósias – Os dois pareciam sósias em agenda pública em Campo Grande, ontem, quando foi feita entrega de equipamentos para a agricultura familiar. Além dos chapéus, eles estavam de camisas de cor de rosa.

Homem do campo – O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), lembrou durante a agenda com gestores municipais ontem dos tempos de prefeito em Maracaju, quando falou sobre os assentamentos rurais e agricultura familiar. Disse que na época já pensava em programas para os três assentamentos da cidade.

Fica, Enelvo – O prefeito de Japorã, Vanderlei Bispo (PTB), disse durante seu discurso, ainda na agenda voltada à agricultura familiar, que temia que o diretor-presidente da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), Enelvo Felini, deixasse o cargo para virar deputado estadual.

Segundo suplente – Enelvo é o segundo suplente do PSDB na Assembleia Legislativa. Com a saída de Ângelo Guerreiro (PSDB), que venceu a eleição para a prefeitura de Três Lagoas, Herculano Borges (SD) assume a vaga. Se outro tucano deixasse o legislativo, então seria a vez dele.

Dança das cadeiras – A possibilidade maior ficaria na eventual saída de Flávio Kayatt (PSDB) da Assembleia rumo ao cargo de conselheiro do TCE (Tribunal de Contas do Estado). Mas, para isto teria que abrir uma nova vaga na corte fiscal.

(com Leonardo Rocha e Richelieu de Carlo)

Rotatória da Coca-Cola e a falta de educação
Boca-suja– O diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Janine de Lima Bruno, contou nesta semana que mudanças na confluência ent...
MDB teve divisões sobre Mochi candidato
Opinião – O deputado Eduardo Rocha (MDB) admite que a escolha de Junior Mochi para candidato na legenda não teve consenso desde o início, após a desi...
Senador critica "descaso" com Paraguai
Vizinho desprestigiado – O ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo, e o senador Pedro Chaves (PRB/MS) foram os dois únicos representantes de ...
Campanha tucana atrai 75% dos prefeitos
Apoio – Enquanto o MDB, antigo aliado histórico do PSDB, patinou para fechar sua candidatura do governo do Estado, os tucanos contabilizam adesões. N...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions