A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


12/07/2014 07:00

O oficial e a casa de Bernal

Edivaldo Bitencourt

Retomada – O governador André Puccinelli (PMDB) decidiu reassumir a obra do contorno ferroviário de Três Lagoas. O objetivo é garantir a conclusão da obra, que estava emperrada por causa da burocracia no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte.

Santa de casa – A obra do contorno é um sonho antigo dos moradores de Três Lagoas. A conclusão é defendida pela vice-governadora e candidata ao Senado, Simone Tebet (PMDB). Ela já foi prefeita da cidade e tinha a retirada dos trens do perímetro urbano como uma das prioridades.

Em local incerto – A Justiça não conseguiu localizar o ex-prefeito Alcides Bernal (PP). O oficial de Justiça precisa notificá-lo da ação civil pública que pede a sua condenação por não cumprir a Lei do Acesso à Informação. O processo tramita desde 19 de março deste ano na 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos.

Vazia – O oficial de Justiça informou ao juiz que Bernal mudou-se da casa no Jardim Paulista. Ele adquiriu o apartamento atrás do Shopping Campo Grande. Na antiga residência, vizinhos comentaram que ele não é visto no local há vários meses.

Fronteira indefesa – O deputado estadual Márcio Monteiro (PSDB) cobrou investimentos e mais ações na fronteira. Na avaliação do tucano, o ataque de caixas eletrônicos em Aral Moreira, Bela Vista e Corumbá mostra que os bandidos estão agindo livremente na região.

Não tem jeito – O senador Delcídio do Amaral (PT) afirmou que vai ser muito difícil ganhar da Argentina neste domingo. Mas, na avaliação do candidato, o problema não é o meia atacante Messi, eleito melhor do mundo em quatro ocasiões. Ele disse que a dificuldade será vencer o time do Papa Francisco.

Dia triste – Nenhum candidato ou político foi ao Facebook para se manifestar ou dar palpite sobre o resultado do jogo do Brasil e Holanda pela Copa do Mundo. A partida vai passar em branco para a maior parte dos políticos do Estado.

E a vida não para – Campo Grande não vai parar para ver o jogo da seleção brasileira neste sábado. A torcida entrou no espírito melancólico da seleção e não se empolgou com um terceiro lugar na Copa do Mundo. No entanto, após o vexame de perder de 7 a 1 para a Alemanha, há muito torcedor temendo outra surra neste sábado.

Sem quórum – Os deputados estaduais já estão em ritmo de campanha. Na quinta-feira, dos 15 que assinaram a lista de presença, apenas quatro ficaram no plenário até o final. A expectativa é que a situação melhore com a redução no número de sessões, de três para dois, e a antecipação do início para segunda-feira.

Agenda – O prefeito Gilmar Olarte anunciou e confirmou, mas não compareceu ao evento na Câmara Municipal ontem de manhã. Ele vetou a lei que equiparava o valor dos plantões pagos aos dentistas ao dos médicos. Os vereadores derrubaram o veto e a lei foi promulgada pelo presidente do legislativo, Mario Cesar Oliveira (PMDB).

(colaborou Ludyney Moura)

Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions