A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


08/04/2011 06:05

Fichinha

Jogo Aberto

O deputado democrata, Zé Texeira, gritou no fim da sessão da Assembleia, "perdi minha senadora!". O desabafo ocorreu depois que o deputado recebeu ligação da senadora e presidente da CNA (Confederação Nacional de Agricultura), Kátia Abreu (DEM-TO), avisando de sua saída para o recém criado PSD.

O Partido da Social Democracia foi criado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. Apesar da debandada, Zé Texeira ressaltou que nasceu politicamente no PFL, que depois virou DEM e que vai morrer no mesmo partido.

O presidente da Câmara, Paulo Siufi, anda distribuindo confetes ao primo e deputado Marquinhos Trad. Segundo o vereador, foi por conta de atitude "destemida" de Marquinhos que as contas de energia não estão ainda mais caras do que o valor praticado hoje.

Questionado sobre o fato da conta subir mais de 18% para consumidores, apesar de toda pressão política, Marquinhos - que adotou como bandeira a luta contra a Enersul, disse que há 4 anos o sul-mato-grossense pagava 20% a mais pelo KW.

O governador André Puccinelli doou R$ 200 para alunas da Escola Estadual 26 de Agosto, que pediram uma ajuda para formatura. Mas ficou a condição, fazer uma competição a classe e quem passar mais alunos no vestibular levará o dinheiro e mais um churrasco bancado por ele.

Puccinelli cometeu uma gafe ao tentar falar a linguagem do adolescente ligados ao mundo digital. Comentou que os alunos quando precisam de informações pesquisando no "Guguél" ao invés de "Google". Na hora, a garotada reagiu.

André arrancou gargalhadas dos alunos quando brincou dando conselhos dobre educação sexual aos adolescentes: "Tomem cuidado, tomem cuidado! Vocês sabem do que eu estou falando", advertiu durante entrega de reforma na Capital.

O presidente da Comissão de saúde da Assembleia, Lauro Davi admitiu que ainda não sabe muito sobre a criação da empresa estatal de hospitais, que pode gerir os hospitais universitários do País, mas já adiantou que "se os funcionários da universidade estão contra, boa coisa não pode ser".

O Ministério Público em Aquidauna que pediu o afastamento do prefeito do município qualificou os governantes e autoridade do primeiro escalão como pessoas que não tem preocupação com o bem estar da coletividade, mas somente com os próprios interesses.

O MPE justifica na peça inicial do processo, que eles já assumem dispostos a praticar qualquer tipo de falcratua para se beneficiar como: fraudes. favorecimentos,, nepotismo, "cinismo", falsificação de documentos, burlas, mentiras, engodos, peculato, ameaças, e até a queima de documentos públicos.

A Promotoria ainda cita trecho revelado pelo ex-assessor jurídico do município, Péricles Garcia dos Santos, que não teve pudor ao afirmar que a "situação de Aquidauana é bem pior do que foi vivenciado pelos douradenses com a operação Uragano".

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



Será que as crianças vão conseguir ler, o que o André quis dizer nas entrelinhas. Por acaso será o caso "Minc".
 
Paulinho Barbosa em 14/04/2011 03:02:05
Se todos promotores atuassem bem assim, a corrupção seria bem menor. Dizem os especialistas, que os esquemas de desvio são sempre os mesmos. Com a palavra o Ministerio Publico Estadual.
 
nelson dias neto em 08/04/2011 10:57:29
Ouvi hoje a entrevista do deputado Marquinhos Trad e coaduno com a sua postura.
Percebi que ele é sozinho quando no fim da entrevista disse que quando a conta estava congelada ou não aumentava, ninguém o convidava entrevistas. Agora que a conta subiu estão chovendo convites. Não seria isso manipulação dos meios de comunicação ?
 
Hélio Roberto Gomes em 08/04/2011 10:42:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions