A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Agosto de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


20/01/2018 07:00

Quadrilha tentou se livrar de Chevette

Anahi Zurutuza

Tentativa frustrada – Ladrões que usavam um Chevrolet Chevette para cometer furtos em série há três meses em Campo Grande tentaram devolver o carro ao dono depois que vídeos dos crimes foram divulgados.

Tá doido? – Sabendo da repercussão que a “Quadrilha do Chevette” teve na imprensa e redes sociais, o proprietário recusou a oferta.

Permuta – Ele sugeriu, entretanto, que os ladrões o reembolsassem com uma motocicleta. O homem chegou a ser detido nesta semana, mas foi liberado porque não teria envolvimento com os crimes.

Águas de janeiro – Rose Modesto encarou, mais uma vez, os efeitos das chuvas durante o exercício interino do mandato de governadora. Segundo ela, os estragos mais recentes não devem ser desprezados, mas o Estado já passou por momentos mais difíceis. “Em 2016 tivemos mais pessoas atingidas e afetadas pelas chuvas”, relembrou ela ontem, em visita ao Campo Grande News.

Nomeado 2x – O ex-deputado estadual e ex-prefeito de Nova Andradina, Roberto Hashioka, ganhou duas nomeações como diretor-presidente do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul).

Em 4 meses – A primeira delas saiu no dia 1º de setembro do ano passado. Hashioka substituiu Gerson Claro, alvo da Operação Antivírus, da Polícia Federal. A última delas foi publicada ontem no Diário Oficial do Estado.

Por quê? – Segundo o Governo do Estado, Hashioka é servidor de carreira da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) e se aposentou do cargo. A segunda nomeação foi uma mera formalidade, para regularizar a situação dele com a Previdência estadual.

Decepção – 2018 mal começou e fãs de artistas nacional e internacionais já foram do “céu ao chão”. Shows em Bonito foram cancelados e apresentação prevista para Campo Grande também não vai acontecer.

Carnaval sem DJ’s – O que prometia ser o melhor Carnaval dos últimos tempos, “miou” com o cancelamento dos shows de Fatboy Slim e Paris Hilton pela produção. Ele, que era a principal atração, ficou doente.

Nada de galã – Fábio Jr. também não virá à Capital. O show dele chegou a ser anunciado, ingressos nem começaram a ser vendidos, mas a produção do artista já enviou comunicado à imprensa dizendo que a passagem por Campo Grande nunca constou na agenda do cantor.

(Com Geisy Garnes, Mayara Bueno, Lado B e Humberto Marques)

MS é líder de grana para a celulose
Menina dos olhos – Mato Grosso do Sul segue como o estado com mais previsão de investimentos da indústria da celulose. Projeção da Ibá (Indústria Bra...
Os presos da Lama Asfáltica em números
1 mês – Nesta segunda-feira (19), o ex-governador André Puccinelli (MDB), o filho dele André Puccinelli Júnior e o advogado João Paulo Calves complet...
Rotatória da Coca-Cola e a falta de educação
Boca-suja– O diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Janine de Lima Bruno, contou nesta semana que mudanças na confluência ent...
MDB teve divisões sobre Mochi candidato
Opinião – O deputado Eduardo Rocha (MDB) admite que a escolha de Junior Mochi para candidato na legenda não teve consenso desde o início, após a desi...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions