A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


14/05/2014 06:00

Quinta com algo mais além de gospel

Edivaldo Bitencourt

Resultado – A Delegacia de Atendimento à Mulher viu na prática os efeitos da Operação Dia das Mães. A ofensiva para prender os agressores de violência doméstica atemorizou os “machões” de plantão. Não houve o registro de nenhum flagrante na segunda-feira. O normal é de quatro a sete casos de agressões.

Festa – A delegada Rosely Aparecida Molina, que chefia a unidade, comemorou o resultado que deu mais paz às mães. Na operação especial, ela conseguiu prender 14 dos 30 homens acusados de agredir mulheres e filhos.

Outros ritmos – A vereadora Luiza Ribeiro (PPS) cobrou maior pluralidade nos ritmos musicais da Fundação Municipal de Cultura. Segundo a parlamentar, desde que Juliana Zorzo assumiu a pasta, a marca tem sido a realização de eventos religiosos. Ela cobrou a realização de shows de pagode, sertanejo, blues, entre outros.

Demissões – Os vereadores trocaram farpas sobre a greve nos centros de educação infantil. A oposição atacou a atual gestão. Já os defensores de Gilmar Olarte (PP), que até participaram das negociações com os trabalhadores, defenderam a atual administração e avaliaram que ele foi vítima de “herança maldita”.

Dois candidatos – O PT oficializou, ontem, que deverá lançar o presidente da Federação das Indústrias, Sérgio Longen, para disputar a vaga de senador na chapa de Delcídio do Amaral (PT). Ele vai enfrentar a vice-governadora, Simone Tebet (PMDB), na disputa da única vaga disponível neste ano.

Aliado novo – Se a aliança entre PT e o PTB for sacramentada, será a primeira vez que os dois partidos se aliam na disputa estadual. Os tradicionais aliados petistas sempre foram PCdoB, PSB e PDT.

Vice – Nelsinho Trad, pré-candidato a governador do PMDB, e Delcídio vão buscar os candidatos a vice-governador em Dourados. O peemedebista busca um nome do PSB. Já o petista busca um nome do PDT e pode ser um empresário.

Jeito – O governador André Puccinelli (PMDB) não se intimidou com as insinuações o seu estilo de atuar na política. Ele até brincou que já tem um “jeitão” conhecido de todo mundo. Até comparou com a altura de Nelsinho Trad para justificar o estilo de “apaziguador” do ex-prefeito da Capital.

Clima – A eleição começa a esquentar os ânimos na Assembleia Legislativa. Ontem, os deputados do PT e do PMDB trocaram farpas sobre a disputa para o Governo do Estado e para a sucessão presidencial. Este promete ser apenas o primeiro confronto entre os dois partidos, que carregam uma rixa histórica desde 1996.

Segurança – O Fórum de Campo Grande vem reforçando o sistema de segurança. Agora, além da entrada, o visitante é obrigado a se identificar nas alas de acesso às varas. Até cordões de isolamento foram colocados para obrigar a “identificação” do cidadão e do motivo da ida à Justiça.

(colaboraram Helton Verão, Kleber Clajus,Lidiane Kober, Filipe Prado e Zana Zaidan)

#FicaTemer: governo vai deixar saudades, avalia Marun
#FicaTemer – A hastag bombou nas redes sociais impulsionada por eleitores que fazem oposição ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro, e o ministro ...
O ato falho de Odilon ao anunciar apoio
Tropeço – No ato em que recebeu apoio do MDB na disputa pelo governo estadual, Odilon de Oliveira (PDT) também aproveitou para declarar seu apoio a J...
Deputada não reeleita critica regras
Justificativa - A deputada Mara Caseiro (PSDB) comentou ontem na Assembleia Legislativa que não se elegeu pelas regras da legenda, já que sua votação...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions