ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, SEXTA  05    CAMPO GRANDE 24º

Jogo Aberto

Reinaldo desafia: vamos ver quem gasta mais diária e penduricalho?

Por Gabriela Couto e Tainá Jara | 23/02/2021 06:00
O governador Reinaldo Azambuja durante entrega de viaturas nesta segunda-feira à tarde. (Foto: Kísie Ainoã)
O governador Reinaldo Azambuja durante entrega de viaturas nesta segunda-feira à tarde. (Foto: Kísie Ainoã)

Desabafo – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) defendeu ontem a ida de parlamentares ao Distrito Federal para buscar investimentos para suas bases. Disse, até, que ficava “p. da vida/’ quando era deputado federal e ouvia que vereadores não podiam gastar diárias para pedir emendas parlamentares à bancada do Estado em Brasília (DF).

Argumento – Segundo Azambuja, os políticos devem apoiar a viagem de representantes municipais para o Planalto Central. “Assim como prefeito, vice, pedem, vereadores pedem e temos que apoiar isso”, argumentou. Azambuja citou que “tem gente” que entra até na justiça para proibir diárias.

Desafio – “Vamos fazer raio x dos poderes ver quem gasta mais com diária e penduricalho”, comentou. “Se é o legislativo ou os outros poderes que querem pregar moral aos vereadores”, completou o governador, sem detalhar.

Afiado - O governador disse que essa é uma discussão que precisa ser feita pela democracia. “Não vem com essa conversa fiada de muitas vezes criar uma mordaça no legislativo que isso não vai funcionar.”

Do campo – Mostrando habilidade com o manejo nas máquinas agrícolas, Azambuja subiu em uma das  motoniveladoras que foram entregues aos municípios nesta segunda-feira (22). A agilidade para ligar o equipamento deixou clara a origem de produtor rural do governador.

Elogios - A entrega de viaturas às forças de segurança feita por Reinaldo marcou mudança no comando na Polícia Civil e no Corpo de Bombeiros. Na Polícia Civil, Marcelo Vargas Lopes se aposenta e entra Adriano Garcia Geraldo. No Corpo de Bombeiros, o coronel Joilson do Amaral dá lugar ao coronel Hugo Djan Leite, que tem motivo nobre para deixar a função.

Compromisso de família – Joilson, segundo informado ontem, abriu mão do comando por um motivo nobre. Quer ter mais tempo para cuidar do pai, que está enfermo.

Novo ofício– Oficialmente aposentado, Marcelo Vargas, já recebeu aviso de Azambuja de que não ficará muito tempo de pernas para o ar. Mesmo com o benefício, ele será designado para uma missão na área de meio ambiente. A função deve ser desempenhada em projeto para preservação do Rio Taquari.

Sermão – No mesmo evento, estava o prefeito Marquinhos Trad (PSD). Habituado a citar trechos da Bíblia em seus discursos, desta vez ele acabou passando o bastão. Ficou para o deputado Luiz Ovando a função de cristão ferrenho.

Números sagrados – Na fala de Ovando, foi possível saber curiosidades como o uso da palavra “amor” mais de 300 vezes em textos bíblicos. “Justiça”, contou, aparece mais de 500 vezes no texto.

Só sorrisos – Colega de partido de Ovando, o deputado Loester Carlos Gomes de Souza também estava na solenidade. Parecia, inclusive, nem se lembrar de ser alvo da investigação da Polícia Federal por simular atentado, o que pode respingar em sua vida parlamentar. Fez fotos adoidado e protagonizou a entrega simbólica de chaves de novas viaturas a integrantes das forças de segurança.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário