A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


16/05/2012 06:00

Trocadilho infame

Jogo Aberto

Concorrência

O presidente da Assembleia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB), interrompeu o discurso do presidente da Fetems (Federação de Trabalhadores da Educação de Mato Grosso do Sul), Roberto Botareli, na sessão de ontem, para dizer que o tempo tinha acabado. Na ocasião, Jerson brincou que Roberto estava gostando da tribuna e que daqui a dois anos teria uma nova eleição.

Experiência

Jerson também interrompeu o deputado Pedro Kemp (PT), dizendo que os 15 anos de convivência entre os dois na Casa o fazem perceber que o petista está cada vez mais adepto dos discursos.

Irmão mais velho

O deputado Londres Machado (PR) fica pouco tempo na Assembleia. Mas quando está, funciona como uma espécie de maestro. Durante a sessão é comum observar o deputado de mais de quarenta anos de Casa pedir para os colegas evitarem problemas.

Cobrança

O deputado já chegou a interromper entrevista que estava sendo concedida pelo pré-candidato do PT em Corumbá, Paulo Duarte, para dizer que o PR deve apoiá-lo no Município. Porém, advertiu o deputado, dizendo que ele não está demonstrando “boa vontade”.

Desconfiança

Alguns entusiastas da candidatura de Geraldo Resende (PMDB) em Dourados não gostaram da escolha de Marçal Filho (PMDB). Soma-se à indignação o fato de alegarem ter visto pesquisas que indicam a preferência por Geraldo e não por Marçal em Dourados.

Novo posto

O deputado Zé Teixeira (DEM) perguntou a George Takimoto (PSL) se ele acreditava na candidatura de Marçal em Dourados. Ao ouvir o sim do colega, Zé Teixeira disse que ele já podia “virar profeta”.

Ops

Um erro de digitação no Diário Oficial do Estado deu motivo para risos, ao acentuar a palavra coco, na publicação da abertura de uma licitação. Lá, está escrito que a Prefeitura de Campo Grande vai comprar "cocô ralado" para a Secretaria de Políticas Sociais.

Como na escola

Durante a reunião que discutiu o mercado frigorífico em Mato Grosso do Sul, enquanto o Hino Nacional estava sendo executado, um grupo de produtores estava mais preocupado com outra coisa. Eles faziam uma roda em torno do pipoqueiro que aproveitou a ocasião para lucrar.

Crescimento

Dono da Águas Guariroba, em Campo Grande, o grupo Equipav ganhou mais uma concorrência. Vai administrar também o saneamento em Piracicaba, no interior de São Paulo, por meio da Aegea, a holding que já é responsável pela Águas Guariroba. A Prolagos, a outra holding do grupo, é responsável pelo saneamento nas cidades de Cabo Frio, Búzios, São Pedro da Aldeia e Iguaba Grande e pelo abastecimento de água de Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro

Planos

Se depender da vontade do grupo, a Águas Guariroba ganhará novas "irmãs". Os objetivos da Equipav para a Aegea são grandiosos. A projeção, de médio prazo, é investimento de R$ 1,5 bilhão, dos quais R$ 200 milhões serão voltados a aquisições.

A missão espinhosa de Marun
Casa cheia - No discurso em que saudou Carlos Marun como seu novo ministro da Secretaria de Governo, Michel Temer disse ter ficado preocupado com a p...
Só praças estão presos por cobrar propina
Só praças – A investigação sobre o envolvimento de policiais militares com a “Máfia do Cigarro” indica que, por ora, não há oficiais entre os policia...
Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reforçou o discurso d...
Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions