A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


08/07/2014 06:00

Vereador tem medo da rodoviária

Edivaldo Bitencourt

Candidato – O deputado estadual Osvane Ramos (PROS) reafirmou ontem que é candidato à reeleição. O parlamentar registrou a candidatura e destacou que a discordância da chapa formada é coisa do passado.

Pobre, nem tanto – O ex-prefeito Alcides Bernal (PP) ficou R$ 500 mil mais rico após assumir a Prefeitura de Campo Grande. O rendimento é o dobro do valor obtido com salários, que somaram R$ 226 mil no ano passado. A evolução patrimonial, de R$ 1,3 milhão para R$ 1,8 milhão, faz parte da declaração patrimonial entregue à Justiça Eleitoral.

Tostão – Bernal vem se gabando de que fará a campanha do “tostão contra o milhão”. No entanto, além de declarar R$ 7 milhões à Justiça Eleitoral, ele tem garantido aos amigos e companheiros, de que tem o dinheiro para conquistar o eleitorado neste ano.

Campanha – Com a Copa do Mundo na última semana, os candidatos reduziram o ritmo das atividades. Por enquanto, eles reservaram os dias para planejamento e reuniões para afinar o discurso.

Centro – Os vereadores Paulo Siufi e Carla Sphanini, ambos do PMDB, contaram, ontem, que nasceram e cresceram no Centro da Capital. Eles defendem o projeto Reviva Centro, que promete revitalizar e mudar a paisagem da região central.

Ato político – Paulo Siufi lembrou que o lançamento do filme Dona Flor e seus dois maridos se transformou em ato político. Prefeito, vereadores, deputados e até governador prestigiaram o lançamento do filme no cinema da Estação Rodoviária.

Medo – O vereador também lembrou que a região da Estação Rodoviária já foi nobre. “Era ponto de encontro de amigos”, lembrou-se, saudosista. Hoje, segundo o peemedebista, até ele tem medo. “Não passo nem de carro, quando volto da missa à noite”, admitiu.

Miss simpatia – A candidata a senadora Simone Tebet (PMDB) cumprimentou os petistas que estavam esperando o registro da candidatura na tarde de sábado. Ela até conversou rapidamente com o candidato a governador do PT, senador Delcídio do Amaral. Em seguida, brincou: deixa eu ir embora, para não falarem que mudei de lado.

Maior – Única a continuar apta na disputa da licitação do videomonitoramento no Centro, a empresa quase ofereceu valor maior. Após ser alertada por jornalista de que o valor estava a maior em alguns centavos, a comissão de licitação corrigiu a ata e o valor ficou R$ 1,74 menor.

Último – Os servidores públicos terão o último dia de meio feriado. Independente do resultado da partida, o próximo jogo não cai em um dia de semana. Se vencer os alemães, o Brasil joga a final no domingo. Se a disputa for pelo terceiro lugar, a partida acontece no sábado.

(colaboraram Aline dos Santos, Kleber Clajus e Ludyney Moura)

Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions