A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


15/07/2016 06:00

Vereadores correm para finalizar defesa à Coffee Break

Waldemar Gonçalves

Café frio – Enquanto alguns vereadores já terminaram suas defesas sobre suspeita de complô que culminou na cassação do prefeito, Alcides Bernal (PP), outros pedem a dilação do prazo estipulado pela Justiça e que vence a partir da próxima segunda-feira (19).

Atrasados – Entre os que buscam a prorrogação está Edson Shimabukuro (PTB). Diz que não conseguiu identificar a procedência de vários cheques e depósitos feitos em 2013 e questionados pela Justiça. A dificuldade, segundo ele, é porque são valores baixos, que não chegam a R$ 1 mil, "e faz muito tempo".

Adiantados – Entre que os que têm a defesa pronta e a entregarão no prazo inicial estão Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), Eduardo Romero (Rede) e Otávio Trad (PTB). Já os vereadores João Rocha (PSDB) e Mario Cesar (PMDB) disseram que iriam se reunir com os advogados para ver em "em que pé anda" a papelada.

Bem avaliado – O deputado estadual Junior Mochi (PMDB), presidente da Assembleia Legislativa, deu nota 8 para o desempenho do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), quando perguntado sobre o atual governo ontem, enquanto fazia balanço do primeiro semestre da casa.

Sempre pode melhorar – Mochi explicou que não daria nota máxima porque o governo sempre pode melhorar, mas elogiou o que chamou de ótima administração em momento de crise.

Entrou na roda – O facão passou lá pelos lados da Fiems (Federação da Indústria de MS). Há cortes e demissões sendo feitas em todos os setores. A equipe de comunicação, por exemplo, foi toda desfeita. O serviço nesta área será terceirizado.

Em harmonia – Para o líder do governo na Assembleia, Rinaldo Modesto (PSDB), os dois poderes têm caminhado em perfeita harmonia. Ele lembra que, ao longo do primeiro semestre, não houve polêmica envolvendo projetos do Executivo tramitando na casa. Reflexo da humildade e bom diálogo da gestão tucana com o Legislativo, disse ele.

Diretor de TV – A vereadora Magali Picarelli (PSDB) confirmou que o marido, deputado estadual Maurício Picarelli (PSDB), foi convidado a assumir a direção da TV Guanandi, já que o diretor, Savaldor Sandim, estaria passando mais tempo no comando do SBT-MS. "Mais que um convite, foi um pedido", disse a tucana, ressaltando que o marido ficou balançado com a proposta.

Nem dá para viajar – "Ele ama isso e está na comunicação desde os 14 anos", continua Magali. Segundo ela, no fim de semana haverá nova reunião para comunicar a decisão. "Prefiro que ele não vá, pois isso toma muito tempo e temos outros compromissos. Nem dá pra viajar", finaliza.

Parabéns, Bernal – O prefeito Alcides Bernal (PP) completou 51 anos na quinta-feira (14) sem querer festejos em seu gabinete. Para sua assessoria, já avisou antecipadamente que não queria bolo nem parabéns. O motivo? "Ele é discreto, não é de festa", dizem os mais próximos.

(com Alberto Dias e Leonardo Rocha)

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions