A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


20/02/2014 06:00

Vereadores disputam paternidade de lotérica

Edivaldo Bitencourt

Malas – O suplente de senador Pedro Chaves nem assumiu a vaga do titular e já arruma as malas para deixar o PSC. Ele estuda se filiar ao PDT ou ao PT. O cenário deve repetir o que ocorreu em 2006, quando Delcídio do Amaral (PT) se afastou do Senado para disputar o Governo e deu a vaga para o suplente.

Quinto elemento – Pedro Chaves já faz até planos no novo partido. Ele está inclinado a se filiar ao PDT. Em entrevista ontem, contou que poderá ser o quinto senador do PDT. O sonho é integrar a legenda que teve grandes defensores da educação, como Darcy Ribeiro, Leonel Brizola e Cristovam Buarque.

Astro – O vereador Coringa (PSD) teve o dia de astro na sessão comunitária de ontem no Bairro Paulo Coelho Machado. Todos os moradores destacavam o nome do parlamentar. Teve momento que os colegas foram esclarecidos de que a região era a área de atuação do vereador.

Pai da lotérica – Os eleitores da região do Paulo Coelho Machado estão eufóricos com a instalação de uma agência lotérica. Coringa e Chiquinho Telles, ambos do PSD, disputam a paternidade da unidade.

O importante – Entre a disputa de egos, de quem levou a lotérica para a região, o líder comunitário Gilberto Bandeira, pôs um ponto final na disputa. Ele disse que os dois podem ser “padrinhos da criança” e o mais importante era a agência lotérica no bairro.

Só ele – O secretário de Educação, José Chadid, é o único que pode esclarecer as dúvidas dos vereadores e da população sobre o atraso na entrega dos kits e dos uniformes. Apesar das cobranças, ele continua sumido. E os pais sofrendo para mandar os filhos à escola.

Esperto – O vereador Eduardo Romero (PTdoB) avisou, ontem, que vai ficar esperto para não perder os pertences pessoais. A preocupação do parlamentar é deixar algo pessoal sumir em eventual despejo dos vereadores da Capital, que não pagam aluguel há anos.

Silêncio – Os tucanos, que cobravam ética do PT no caso do mensalão, não se manifestaram, ontem, sobre a renúncia do deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB). Ele renunciou para escapar da ação no Supremo Tribunal Federal envolvendo o mensalão mineiro.

Cutucando – O presidente regional do PSDB, Márcio Monteiro, decidiu desafiar o governador André Puccinelli (PMDB) a disputar o Senado neste ano. Ele chegou a lembrar o episódio de 2002, quando o peemedebista decidiu continuar na prefeitura e não disputou o Governo.

Ações – O Juizado Especial Federal começou a despachar as primeiras sentenças sobre os pedidos de correção do FGTS. O juiz Heraldo Vitta vem acatando os pedidos para trocar o índice de correção da TR pelo INPC.

(Colaboraram Kleber Clajus e Leonardo Rocha)

Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions