ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  24    CAMPO GRANDE 27º

Jogo Aberto

Vice ganha retrato na galeria de prefeitos da Capital

Por Adriel Mattos | 18/01/2022 06:00
Retrato foi presente de secretário municipal de Finanças. (Foto: Reprodução/Facebook)
Retrato foi presente de secretário municipal de Finanças. (Foto: Reprodução/Facebook)

Diga “xis” – A vice-prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes (Patriota), terá seu retrato na galeria de prefeitos. Ela assumiu a chefia do Executivo municipal na segunda-feira (17), durante as férias de Marquinhos Trad (PSD).

Gostei – “Parece um quadro comum, mas é muito mais que isso. Presente do nosso secretário [municipal] de Finanças, Pedro Pedrossian Neto”, comentou Adriane no Instagram.

Será que vem aí? – Apesar do gesto ser simbólico, ele pode ganhar caráter oficial em breve. Até abril, Marquinhos precisa decidir se será candidato ao Governo do Estado, e neste caso, precisa renunciar para ir à disputa. Assim, Adriane assume o cargo.

Mais uma – A atual vice-prefeita não é a primeira mulher a ganhar um retrato na galeria. Marilu Guimarães, que foi vice de Lúdio Coelho, assumiu o comando da prefeitura diversas vezes. Antes delas, Nelly Bacha (MDB) foi a primeira mulher a assumir oficialmente o cargo, em 1983.

Parou no tempo – A lista de prefeitos do Arca (Arquivo Histórico de Campo Grande) completou dez anos desatualizada. Finaliza a relação o ex-prefeito e atual senador Nelsinho Trad, que deixou o cargo em 2012. Alcides Bernal, Gilmar Olarte e Marquinhos ainda não constam na lista.

Quem sou eu? – A deputada federal Rose Modesto, que pode sair do PSDB, lançou uma série em que apresenta sua biografia nas redes sociais. Em dois episódios, ela já lembrou da carreira de professora e a infância em Culturama, distrito de Fátima do Sul.

Pensando – Rose é apontada como pré-candidata ao Governo do Estado. Antes praticamente fechada com o Podemos, agora, ela é cortejada pelo União Brasil, legenda que será fruto da fusão de DEM e PSL.

Chegaram – Após um curso de formação de três meses, 13 juízes substitutos assumiram varas em Campo Grande e em sete comarcas. Essas varas estavam vagas.

Interior – Nas comarcas do interior, assumiram os juízes Eduardo Augusto Alves (Água Clara), Laísa de Oliveira Ferneda (Brasilândia), Thiago Notari Bertoncello (Porto Murtinho), Lídia Geanne Ferreira e Cândido (Itaquiraí), César David Maudonnet (Itaquiraí), Ricardo Adelino Suaid (São Gabriel do Oeste), Luís Augusto Tuon (Itaquiraí), Fernanda Giacobo (Iguatemi) e Camila Neves Porciúncula (Angélica).

Capital – Em Campo Grande, ficaram Larissa Ribeiro Fiuza e Rafael Condé Tostes (ambos na 6ª Vara de Família e Sucessões), Bruce Henrique dos Santos Silva e Mayara Luiza Schaefer Lermen (ambos na 5ª Vara de Família e Sucessões).

Nos siga no Google Notícias