A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

06/02/2017 06:15

Conhecido como "recanto caipira", até corredor virou gourmet em casa de médico

Paula Maciulevicius
Recanto caipira, corredor se tornou parte preferida da casa. (Foto: Fellipe Lima - fotografia de Arquitetura)Recanto caipira, corredor se tornou parte preferida da casa. (Foto: Fellipe Lima - fotografia de Arquitetura)

A casa teve de ser recuada em 1 metro para que o corredor ganhasse a função gastronômica. O projeto feito pelo arquiteto Daniel Moura para si mesmo, acabou encantando outra família que hoje faz da casa no Terras do Golfe um lar. Prestes a ser executado, o único pedido do morador era para que um "recanto caipira" fosse criado.

"Ele tem uma paixão pela gastronomia e queria algo diferenciado do comum, do convencional, que eram os espaços gourmets", explica o arquiteto responsável pelo projeto. A casa fora pensada para si, mas depois do interesse da família, Daniel a vendeu. 

O projeto comporta um espaço gourmet interno, com tudo o que se tem direito. Mas ainda assim, não era exatamente o que colocaria um sorriso de satisfação no rosto do dono. "Ele queria algo mais rústico, eu diria assim, mas com um pezinho no contemporâneo e que fosse ao ar livre", conta o arquiteto.

Da área de lazer, o corredor fica à esquerda. (Foto: Fellipe Lima - fotografia de Arquitetura)Da área de lazer, o corredor fica à esquerda. (Foto: Fellipe Lima - fotografia de Arquitetura)

E assim foi feito. Parte da estrutura dos 65m² do corredor está sujeita às intempéries e o espaço tem desde o preparo até a degustação. O arquiteto projetou defumador de carne, churrasqueira a gás, a tradicional de carvão e forno e fogão à lenha. 

"A churrasqueira a gás é de pedra vulcânica e fica incandescente. É uma pedra que originalmente vem do Havaí", detalha Daniel.

O nome "recanto caipira" foi dado pelo dono, médico, que passou boa parte da vida morando em apartamentos. "Acredito que remete um pouco à alguma lembrança dele de fazenda. Ele é médico, então o momento de desestressar, de aliviar a tensão é ali", conta o arquiteto.

Fachada da casa. (Foto: Fellipe Lima - fotografia de Arquitetura)Fachada da casa. (Foto: Fellipe Lima - fotografia de Arquitetura)

Jogador de golfe, o corredor dá vista para o campo e é onde faz jus ao "caipira". Como um ponto de encontro, de lá ele vê quem está a passar com os tacos, cumprimenta de longe e chama para dar uma chegadinha ali.

"É um dos cantos preferidos da casa dele. Tivemos de recuar a locação inicial exatamente para dar mais amplitude. O pergolado e tudo ali foi criado para satisfazer este desejo. Ele disse que queria uma casa que 'me atenda do jeito que eu sonhei toda vida. Só preciso de um recanto caipira'", reproduz o arquiteto.

Pela frente, o corredor tem uma portinha, mas os fundos dão lá para o campo que o morador gosta tanto de admirar. "Ele vê as pessoas jogando golfe e consegue ter um contato", resume o arquiteto.

Curta o Lado B no Facebook 

Outro ângulo da piscina (Foto: Fellipe Lima - fotografia de Arquitetura)Outro ângulo da piscina (Foto: Fellipe Lima - fotografia de Arquitetura)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.