A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

25/06/2013 08:50

Casa de Ensaio terá encontro cultural e novo espetáculo para agosto

Elverson Cardozo
Encontro cultura comemora o primeiro semestre de atividades. (Foto: Juliana Gurgel)Encontro cultura comemora o primeiro semestre de atividades. (Foto: Juliana Gurgel)

Neste sábado (29), a partir das 17h, a Casa de Ensaio, em Campo Grande, realiza mais uma edição do “Brincanto”, performance artística apresentada pelos alunos-atuantes atendidos pela instituição. A entrada custará R$ 2,00, com vendas de ingressos no local, a partir das 16h. O valor arrecadado será revertido para a manutenção das atividades da organização que, em agosto, estréia um novo espetáculo.

A apresentação, marcada para acontecer na sede da entidade, é uma espécie de aula aberta. O evento contará com a participação de pelo menos 150 crianças e adolescentes, que vão comemorar o encerramento do primeiro semestre de atividades do curso “Brincaturas e Teatrices”.

Eles vão apresentar ao público trabalhos em diferentes linguagens, que abrange teatro, dança, música e brincadeiras. A programação inclui, ainda, apresentações de grupos experimentais formados por alunos da própria instituição, a exposição “Delírios”, da artista Lucia Barbosa, além de uma aula de Biodanza com Márcio Dória.

Coordenador de produção da casa, Eduardo Ribeiro, de 22 anos, afirmou que o encontro acontece há pelo menos 10 anos e reúne alunos que tem idade entre de 8 e 16 anos. O “Brincanto”, afirmou, é uma aula aberta que oferece a oportunidade da população conhecer um pouco da rotina da entidade.

“O barato é que a gente pode abrir as portas da casa para que a comunidade venha conhecer nosso dia a dia. Muitas pessoas passam por aqui e ficam curiosas”, disse.

Pelo menos 150 alunos devem participar da ação. (Foto: Juliana Gurgel)Pelo menos 150 alunos devem participar da ação. (Foto: Juliana Gurgel)

Em agosto - Eduardo adiantou que, além da apresentação neste sábado, os alunos vão estrear um novo espetáculo em agosto, nos dias 3 e 4. É a peça “Mestre tereré no Rio de Janeiro e o mistério da terça-feira gorda de carnaval”. A estória se passa no subúrbio carioca, no bairro Encantando. Uma de suas ruas some misteriosamente, exatamente durante uma terça-feira gorda de carnaval.

A sinopse traz um mistério: “Quem teria roubado a rua do Encantando. O pierrô? A Colombina? O palhaço? O anão vestido de neném? Como pode sumir uma rua inteira? Suas casas, a esquina onde os rapazes conversavam, as calçadas das cordas e amarelinhas?

A velha garagem cheia de bossa nova e rock'n'roll. Será que um bloco de carnaval levou com ele uma rua inteirinha? Como será esta estória? Quem serão os personagens que prometem desvendar o mistério do verdadeiro grito de carnaval?”

Para os curiosos, fica a explicação do coordenador: “A gente vai falar muito da rua, da importância de brincar na rua, de resgatar esses valores. Vamos falar de como era gostoso brincar na rua”.

Histórico – Fundada há 16 anos, a Casa de Ensaio trabalha com crianças e adolescentes de regiões periféricas de Campo Grande e que estejam em situação de vulnerabilidade social. A missão e o objetivo é formar cidadãos conscientes, utilizando a arte como instrumento de transformação.

No local são oferecidas atividades em áreas diversificadas, que vai do teatro às artes plásticas, passando pela dança, literatura, cinema, voz e oficinas de percussão. A entidade, que faz parte da rede latino americana de arte e transformação social, já participou de eventos internacionais no Peru, Colômbia, Guatemala, Chile, Alemanha e Bulgária.

É ponto de cultura e leitura. A organização sobrevive de patrocínios e doações daqueles que se identificam com a causa. Desde a sua inauguração até agora, cerca de 3 mil jovens foram atendidos no local.

Nova sede foi entregue em dezembro do ano passado. (Foto: Luciano Muta/Arquivo)Nova sede foi entregue em dezembro do ano passado. (Foto: Luciano Muta/Arquivo)

Reforma – A atual sede da Casa de Ensaio foi inaugurada em dezembro do ano passado. A entidade agora ocupa o prédio do antigo albergue de Campo Grande, que estava abandonado. A reforma do local foi custeada por duas construturas. O valor total chegou a R$ 600 mil.

Ao todo, uma área de 400 foi recuperada. A estrutura externa do prédio foi preservada porque é parte da memória da população.

Serviço - A organização fica na rua Visconde de Taunay, 203 (esquina com a avenida Afonso Pena), bairro Amambaí, em Campo Grande. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 3384-4843 ou no site www.casadeensaio.org.br




imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.