ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 19º

Artes

Da escola para palco no Chile, 'Senta que o Leão é Manso' faz 40 anos

Grupo 'Senta que o Leão é Manso' celebra data com peça no sábado e lançamento de livro feito por ex-alunos

Jéssica Fernandes | 22/09/2022 07:42
Em 218, grupo apresentou 'Morte e Vida Severina' no teatro. (Foto: Arquivo pessoal)
Em 218, grupo apresentou 'Morte e Vida Severina' no teatro. (Foto: Arquivo pessoal)

Em 1982, o professor Roberto Figueiredo, de 66 anos, teve a ideia de criar um grupo teatral no Colégio Salesiano Dom Bosco. Neste mês, o ‘Senta que o Leão é Manso’ completa 40 anos de uma história que envolve inúmeras peças teatrais, alunos e ex-alunos salesianos do colégio e da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco).

Formado em história, o fascínio pelo teatro surgiu quando Roberto estava na faculdade, mas foi no ambiente escolar que essa arte ganhou proporção maior na vida dele. “Eu comecei a estudar, me enfiei no movimento de uma forma mais séria e, como não tinha o teatro com os alunos, nós criamos”, lembra o coordenador do grupo.

O ‘nós’ de Roberto se refere a participação das professoras Maria Cristina Aquino e Lígia Velasques. Na época, os três iniciaram o projeto que chegou à Escola Municipal Bernardo Franco Baís, pois o professor e Maria Cristina também lecionavam no lugar.

Roberto (ao centro) com os alunos do grupo de teatro. (Foto: Arquivo pessoal)
Roberto (ao centro) com os alunos do grupo de teatro. (Foto: Arquivo pessoal)

Após dois anos, o grupo teatral seguiu somente numa escola para os alunos do período noturno. Não demorou e o ‘Senta que o Leão é Manso’ alcançou os estudantes do nível superior. Roberto comenta sobre essas mudanças que definiram o destino do projeto.

“Formamos o grupo de teatro nas duas escolas, mas ele vinga só no Dom Bosco porque em 1984 eu fico só nesse colégio. As professoras se desligaram do grupo em 1984, em 1985 ele fica na Fucmat (Faculdades Unidas Católicas de Mato Grosso) e nunca mais parou”, diz.

Nesses 40 anos não faltam histórias no grupo que ganhou esse nome devido a uma piada que era bastante contada entre os alunos. Dos ensaios nos sábados e domingos às apresentações em teatros fechados, o ‘‘Senta que o Leão é Manso’ passou por diversos palcos. “Já viajamos para vários lugares,  fomos representar o Brasil no festival do Chile. Vamos onde chamam e onde tem oportunidade”, afirma Roberto.

Peça 'Só o Faraó Tem Alma' encenada em 1997. (Foto: Arquivo pessoal)
Peça 'Só o Faraó Tem Alma' encenada em 1997. (Foto: Arquivo pessoal)

Quando a Fucmat se consolida como UCDB, o grupo se torna o oficial da universidade a qual o coordenador é grato “Sempre houve um apoio incondicional. O carisma salesiano é isso, é igual a frase que diz:  ‘Uma casa salesiana sem música, é como um corpo sem alma”, comenta.

Com mais de 40 peças encenadas, o grupo já teve a participação de 700 alunos. Tradicionalmente, o elenco é sempre composto por 20 acadêmicos oficiais, sendo que a cada três anos a turma que se forma é substituída por aqueles que ingressam na faculdade.

Roberto explica que o grupo pode ser composto por alunos de qualquer curso. “O interessante é que não é um grupo acadêmico. Ele é um grupo de estudantes e não é vinculado a curso, mas ao ensino superior. Ele tem essa outra característica por ser livre e qualquer acadêmico pode fazer parte”, destaca.

Elenco de 1995 que encenou 'A cantora Careca'. (Foto: Arquivo pessoal)
Elenco de 1995 que encenou 'A cantora Careca'. (Foto: Arquivo pessoal)

Próxima peça - Para celebrar o aniversário de 40 anos, o 'Senta que o Leão é manso' irá apresentar ao público 'Sonhos de Uma Noite de Verão', de William Shakespeare. Com adaptação de Marcelo Picolli e direção de Roberto Figueiredo, a peça será encenada no Armazém Cultura, no dia 24 deste mês, às 19h30.

Na data, a obra ‘Senta que o Leão é Manso da UCDB 40 Anos – O melhor do grupo é o grupo” será lançada. Coordenado por Roberto, o livro traz relatos de 110 ex-integrantes do grupo.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias