A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

15/08/2016 09:56

Divulgada lista de 77 projetos que vão receber quase R$ 5 milhões do FIC MS

Thailla Torres
Roberto Higa é um dos contemplados com recursos do FIC este ano. Roberto Higa é um dos contemplados com recursos do FIC este ano.

O Diário Oficial desta segunda-feira divulga a lista de projetos aprovados no FIC (Fundo do Investimento Cultural de Mato Grosso do Sul), após um mês de espera. 

Dos 77 aprovados, 16 são da área de música, 12 de literatura, 7 de audiovisual, 8 de artes cênicas, 2 projetos contemplam museus e 3 são investimentos para artes visuais e patrimônio histórico. As categorias folclore e formação, tiveram 4 aprovados em cada. Também há 2 de artesanato, 1 relativo à biblioteca,  1 de arquivo e 14 projetos culturais do interior, entre eles  II Festival de rua do “Toro Candil” de Porto Murtinho (R$ 125.360,00) e 6º Festival Internacional do
Chamamé de Rio Brilhante (R$ 138 mil).

Serão repassado quase R$ 5 milhões para os projetos. A Associação Arado Cultural foi a que recebeu o maior valor. São R$ 156 mil para a realização do Festival Dança, já na 3ª edição. A área tem alguns dos maiores investimentos do Fundo. O grupo Dançaurbana, por exemplo, vai receber R$ 127 mil.

Na lista, estão vários projetos de teatro já conhecidos do público, como a VII Temporada do Chapéu (R$ 96.620,00) e a 5ª Mostra de Teatro infantil de Mato Grosso do Sul (R$ 131.327,00). Outro evento tradicional selecionado é o 13º Festival de Cinema do Vale do Ivinhema (R$ 74.499,00). O 2º Festival Sul-Americano de Folclore receberá R$ 129 mil.

Uma das grandes conquistas do edital é o projeto "Mato Grosso do Sul em imagens: O olhar de Roberto Higa" (R$ 68 mil), que garantirá a preservação do arquivo do principal fotógrafo a registrar a história do Estado. A proposta ganhou até campanha nas redes sociais na última semana. 

O FIC também destina recursos para as ações multiculturais que ocorrem aos domingos na Praça
Bolívia, em Campo Grande (R$ 95.900,00) e para o coletivo T’amo na Rodoviária (R$ 37.855,00), que luta para que a antiga rodoviária da cidade continue viva, com realização de eventos.

Na música, o projeto Marcelo Loureiro-Cordas e Contos, de um dos maiores violeiros sul-mato-grossenses, terá R$ 84.899,60.

Este ano, o fundo recebeu 385 propostas, das quais 254 foram habilitadas. A partir de hoje os 77 aprovados têm 10 dias úteis para apresentarem as certidões e documentos solicitados na Superintendência do FIC, que fica no Memorial da Cultura Apolônio de Carvalho, na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559.

A relação deveria ser divulgada no dia 12 de julho, mas a data foi adiada, segundo a Fundação de Cultura, devido aos recursos apresentados pelos responsáveis pelo projetos desabilitados na primeira seleção.

A lista completa dos aprovados pode ser conferida no link.

 

 




imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.