A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Julho de 2019

20/06/2019 12:00

Modelo de Mato Grosso do Sul é eleita a mais bela transexual de São Paulo

Mikaelly Zanoto também venceu o Miss Trans MS em 2017 e agora se prepara para o concurso nacional em setembro

Danielle Valentim
Mikaelly afirma que a beleza é quesito fundamental em um concurso, mas que o amor ao próximo tem de prevalecer. (Foto: Reprodução Rede TV)Mikaelly afirma que a beleza é quesito fundamental em um concurso, mas que o amor ao próximo tem de prevalecer. (Foto: Reprodução Rede TV)
Nascida em Coxim, a modelo Mikaelly Zanoto acaba de vencer o Miss São Paulo Transex 2019. (Foto: Arquivo Pessoal)Nascida em Coxim, a modelo Mikaelly Zanoto acaba de vencer o Miss São Paulo Transex 2019. (Foto: Arquivo Pessoal)

Nascida em Coxim, a modelo Mikaelly Zanoto acaba de vencer o Miss São Paulo Transex 2019, concurso de beleza que tem 60 anos de história. Organizado por Rosana Star, o evento contou com 14 participantes.

Com juradas como a estilista Michelly X e as drags Salete Campary e Dimmy Kieer, o evento escolheu a mais nova representante da beleza trans do Estado de São Paulo.

Mikaelly afirma que a beleza é quesito fundamental em um concurso, mas que o amor ao próximo tem de prevalecer. “Uma miss vai além de uma beleza. Tem de ter amor ao próximo, independente do sexo, cor ou religião. A beleza de uma miss é preenchida com trabalho e trajetória como ser humano, até porque no fim, o que vence é o amor entre as pessoas”, disse.

Feliz com a conquista, a modelo acredita que o título pode trazer mais visibilidade e o próximo passo é se preparar para o concurso nacional, que acontece em setembro.

“Quero representar muito bem todas as travestis e transexuais e fazer um trabalho lindo. Quero lutar contra a desigualdade social, o preconceito e também contra o racismo, pois como uma representante quero atingir várias causas e necessidades do nosso Brasil”, pontua.

Morando em São Paulo, a modelo garante que mesmo diante de muitas conquistas, entre elas o título de Miss MS, a maior dificuldade é ser ouvida. “Espero que agora com o título de miss SP eu tenha uma visibilidade maior parar expor minhas ideias como trans e lutar por mais respeito e oportunidades”, finalizou.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram




imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.