ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SEGUNDA  04    CAMPO GRANDE 25º

Comportamento

1ª vez em parque de diversão é "noite maneira" para crianças da favela

Em busca de levar alegria para crianças da comunidade Mandela, projeto presenteou criança com noite em parque

Vanessa Ayala | 12/08/2021 08:01
Alunos do reforço escolar da comunidade Mandela. (Foto: Paulo Francis)
Alunos do reforço escolar da comunidade Mandela. (Foto: Paulo Francis)

A vontade de fazer a diferença e levar alegria e esperança em Campo Grande, foi o que fez Fernando Eufigênio, de 32 anos, presidente do Instituto Causadores da Alegria, realizar uma ação com crianças da favela do Mandela, nesta quarta-feira (11). Quarenta crianças puderam curtir uma noite de diversão no Vitinho Park, no Shopping Bosque dos Ipês.

Fernando Eufigênio presidente do Instituto Causadores da Alegria. (Foto: Paulo Francis)
Fernando Eufigênio presidente do Instituto Causadores da Alegria. (Foto: Paulo Francis)

“Essa é uma data muito importante para os Causadores da Alegria e o grupo Amparo Move a Esperança, é a nossa centésima ação nestes oito anos de instituição. E hoje, estamos comemorando o Dia do Estudante, fazendo esse ato em prol das crianças,  conseguimos todos os ingressos para entrar no parque e o lanche, apadrinhado também por voluntários”, comenta. “Ao final da brincadeira, as crianças receberam 3 livros, que simbolizam a história dos Causadores da Alegria”, pontua.

Coração a mil e olhares fixos no ônibus para a primeira viagem ao parque, essa foi a reação dos sobrinhos de Launa da Silva, de 24 anos. “As crianças estão bem felizes, desde o começo da iniciativa, criança adora brincar, né e ainda mais poder sair e ir até o parque, é muito bom”.

Elenir Marinho em entrevista para o Lado B. (Foto: Paulo Francis)
Elenir Marinho em entrevista para o Lado B. (Foto: Paulo Francis)

“Algo bastante importante que acredito e convém falar, é que esse passeio mexeu muito com essas crianças, mães se ajoelhavam para agradecer, isso não são eles que estão ganhando, somos nós, é muito amor”, comenta Elenir Marinho, representante do A.M.E.

Movido pela paixão pelas causas sociais, o professor de química comenta que realiza ações na capital desde 2013. “A primeira ação realizada pelo instituto, aconteceu no Asilo São João Bosco, de lá pra cá, foram mais de 100 ações por toda Campo Grande, atendendo jovens e adultos e para comemorar este número importante, resolvemos fazer esta ação inédita, levando alegria e esperança para as crianças do Mandela”.

Crianças durante passeio até o Vitinho Park. (Foto: Paulo Francis)
Crianças durante passeio até o Vitinho Park. (Foto: Paulo Francis)
Criançada curtiu noite cheia de diversão. (Foto: Arquivo Pessoal)
Criançada curtiu noite cheia de diversão. (Foto: Arquivo Pessoal)

“Nós escolhemos as crianças que participam do nosso projeto de reforço escolar, como a maioria dos pais são analfabetos, vimos nesta ação, a possibilidade de ajudar com nossos professores voluntários. As crianças estavam deixando totalmente de estudar, então, resolvemos ajudar neste sentido, fazendo o reforço semanal”, comenta.

Os causadores da alegria, atualmente, contam com 2 unidades em Campo Grande, 5 colaboradores e 40 voluntários, e para custear as despesas mensais e diárias, eles contam com doações e trabalham em outras frentes, como Bazar dos Causadores, varal solidário e a C.A Fantasy House (loja de fantasia).

Também são oferecidos cursos profissionalizantes, entre eles, estética, curso de barbeiro, cursinho preparatório para vestibular, “tudo para as pessoas de baixa renda”, destaca Fernando. Além de atendimento psicológico, jurídico, assistência social, aula de dança, entre outros.

“Para os pais que não tem uma profissão e querem entrar no mercado de trabalho a instituição oferece todo o suporte necessário, temos vagas totalmente gratuitas e outras com uma tarifa social para custear as despesas”, revela.

Já o projeto A.M.E está dentro da comunidade do Mandela há quase 3 anos, fazendo um trabalho socioeducativo. Tanto os Causadores da Alegria, quanto o A.M.E, vivem de doações de alimentos, contribuições em dinheiro, doações de roupa.

Ao todo, mais de 50 mil pessoas já foram assistidas pelos Causadores da Alegria, aproximadamente, 20 mil crianças, 145 toneladas de alimentos, 19.500 brinquedos doados.

“Nós convidamos as pessoas para conhecerem o nosso projeto através das redes sociais tanto dos causadores da alegria, quanto do A.M.E, é um trabalho inesquecível”, finaliza.

Doações de livros para crianças da comunidade. (Foto: Paulo Francis)
Doações de livros para crianças da comunidade. (Foto: Paulo Francis)


Nos siga no Google Notícias