A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

11/02/2017 07:20

Cheio de fotos antigas, DJ quer reencontrar amigos do Indubrasil da década de 80

Thailla Torres
Fotografias guardam recordações de Pipoca e os amigos no Indubrasil. (Foto: Arquivo Pessoal)Fotografias guardam recordações de Pipoca e os amigos no Indubrasil. (Foto: Arquivo Pessoal)

Anos vivendo longe do bairro onde cresceu, Anthonyo Silva, de 41 anos, conhecido como DJ Pipoca, agora quer rever os amigos. Depois de encontrar fotos antigas guardadas dentro de casa, ele teve a ideia de publicar os registros no Facebook na intenção de eternizar a história. 

Com fotos de 1985 até meados de 1998, ele busca reencontrar moradores de Indubrasil para compartilhar boas lembranças. A fotos vem provocando saudades. "Achei algumas e nelas tem pessoas que foram importantes na nossa vida. Eu fiz um álbum e postei para matar a saudade e lembrar os bons momentos que foram muitos", conta. 

Muitos, segundo ele, se conheceram ainda criança. Natural de Bela Vista, Antonyo chegou ao bairro industrial com 8 anos de idade. Saiu de lá aos 25 anos para trabalhar e hoje vive no bairro Iraci Coelho. Ele diz que o objetivo é resgatar a história e através das fotos encontrar moradores que viveram com ele os melhores momentos da década de 80, para fazer uma festa à altura no fim do ano.

Barracão do Cação, onde aconteciam os bailes do distrito. (Foto: Arquivo Pessoal)Barracão do Cação, onde aconteciam os bailes do distrito. (Foto: Arquivo Pessoal)

"Conheci a maioria que vive lá até hoje, mas muitos foram embora. E isso que a gente tem é importante recordar, porque muita gente nem sabe, mas o Indubrasil era point na década de 80, pelo menos pra gente", conta.

No Facebook, as fotos não têm legendas, mas pelos comentários, é fato que se trataram de época marcante, principalmente, pelas festas e torneios de futebol entre amigos.

"Naquela época, quando havia festa junina dentro da escola, fazíamos uma discoteca na sala de aula para arrecadar dinheiro para formatura da 8ª série. Tinha paquera, recadinhos, locução e alegria, não tinha nenhuma violência como a gente vê hoje", conta.

Uma das relíquias postadas é imagem do Barracão do Cação, que segundo Anthonyo pertencia a um dos primeiros moradores da cidade. O lugar foi cenário para festas e encontros ao longo dos anos. "Era na parte antiga de Indubrasil. Tinha um mercado, era na verdade o único, lá ele fazia bailes toda semana. Tinha chamamé e vanerão, as vezes um flash back", recorda.

As postagens tem feito sucesso no Facebook, com os amigos aparecendo, muita gente acabou enviando para Anthonyo novas fotografias. "Uma delas era um lugar chamado Tetinhas Lanches, o nome era apelido do dono. Lá era o nosso esquenta para a balada que depois rolava no Clube do Fedegoso, onde nos sábados havia discoteca".

Algumas fotos mostram encontros entre jovens. (Foto: Arquivo Pessoal)Algumas fotos mostram encontros entre jovens. (Foto: Arquivo Pessoal)

O melhor da adolescência foi curtido ali, entre os moradores que nunca quiseram ir até a região central de Campo Grande aproveitar outra balada. "Era simples, mas ali era o nosso 'point', a gente se reunia todo fim de semana".

Segundo o locutor, até pessoas de outros bairros apareciam para se divertir. "Tinha muito DJ, a gente remixava músicas que era sucesso na época. Até o Marquinhos Espinosa, que era conhecido na cidade, foi tocar com a gente em discoteca por lá", diz.

O campo de futebol também ficou na memória, o lugar ganhou apelido engraçado, que provoca riso até hoje ao lembrar. "Era só terra e a gente apelidou de chocolatão. Sem gramado, todo mundo saia sujo de terra. Mas a partida de futebol nunca faltava". 

A maioria dos lugares não existe mais ou virou outros estabelecimentos. Mas nada desanima Anthonyos. "Era uma época muito feliz, ninguém pensava em sair de lá pra se divertir. Foi o lugar mais tranquilo que eu já passei. Então a gente não pode esquecer. Minha ideia é juntar o máximo de fotos, encontrar moradores e amigos pra no final do ano fazer uma festa enorme", convida. 

Alguém aí fez parte do Indubrasil e tem uma fotografia guardada? Mande para Anthonyo pelo perfil dele no Facebook.

Moradores e amigos. (Foto: Arquivo Pessoal)Moradores e amigos. (Foto: Arquivo Pessoal)
Tetinhas Lanches, onde amigos faziam o esquenta antes da discoteca. (Foto: Arquivo Pessoal)Tetinhas Lanches, onde amigos faziam o esquenta antes da discoteca. (Foto: Arquivo Pessoal)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.